dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Carnaval: cuidados antes, durante e depois da folia

Para aguentar a maratona do Carnaval é preciso energia. Alguns cuidados antes, durante e depois da festa, podem garantir a saúde.  

O Carnaval pode ser de três dias no calendário oficial, mas costuma durar de cinco a sete dias, dependendo da região do Brasil. Em Salvador ou Recife, por exemplo, o Carnaval começa na sexta-feira e vai até a quarta-feira de Cinzas. Muitos brasileiros e também estrangeiros esperam o Carnaval ansiosamente, como a maior festa do ano.

São dias de festa e animação, em que grande parte da população quer dançar e se divertir.  Mas como é muito comum, há exageros que colocam em risco a saúde. Mas, alguns cuidados podem ser tomados até antes do início do Carnaval, para que você possa participar da festa, se manter saudável até depois do Carnaval.

Infelizmente, essa também é uma época em que pessoas chegam aos hospitais com ferimentos devido a acidentes ou em estado de embriaguez, precisando de cuidados médicos. Além das estatísticas de contaminação por vírus HIV e gravidez precoce que ocorre nessa época. São pessoas que ignoram os avisos e não se previnem, para proteger a própria saúde.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

Carnaval: cuidados antes, durante e depois da folia

Cuidados com a saúde antes do Carnaval

É preciso estar preparado fisicamente antes do Carnaval, principalmente quem pretende participar de blocos e grupos carnavalescos que fazem longos percursos, numa verdadeira maratona dançando e pulando. É preciso uma alimentação rica em vitaminas e sais minerais, que fortalecem o sistema imunológico. Assim há maior facilidade em eliminar o álcool do organismo e mais disposição para a festa. As vitaminas A, E, C e D são importantes, bem como minerais, como zinco, selênio e ferro.

Os alimentos indicados são laranja, abacaxi, kiwi, goiaba, feijão, carnes e peixes, amendoim, sementes de abóbora e linhaça. Os alimentos ricos em fibras também devem ser reforçados, como legumes, produtos integrais e frutas, para que no carnaval a alteração da rotina não prejudique a boa digestão.

Vacinas

As vacinas contra tétano e sarampo devem estar em dia, para evitar doenças transmitidas nos locais de grande aglomeração de pessoas e onde também podem ocorrer pequenos acidentes.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Durante o carnaval

Carnaval durante a folia

Carnaval durante a folia (Foto: Tuasaude)

Hidratação – Para passar o carnaval mantendo o corpo saudável e se recuperar rapidamente dos excessos, é preciso se manter bem hidratado, bebendo pelo menos 2 L de água ou sucos naturais por dia. A hidratação ajuda a evitar a ressaca, a desidratação e o ressecamento da pele e dos cabelos. A água além de manter a saúde, limpa os poros, que ficam com sujeira e suor.

  • Alimentação – Comer a cada 3 horas, para evitar ressaca e manter a energia física. Tentar fazer ao menos uma refeição completa por dia e complementar com alimentos de fácil preparo, como sanduíches e vitaminas de frutas. Coma coisas leves, para não ficar com o estômago pesado e acabar passando mal.
  • Proteção ao sol – Usar chapéu, protetor solar e óculos escuros, para se proteger de queimaduras solares e insolação.
Proteção ao sol

  • Sexo seguro – Usar preservativo nas relações sexuais, para evitar gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis. Nesse período é comum o contágio com essas doenças e é preciso estar atento e ir ao médico se perceber sintomas, como coceira, verrugas ou corrimento. Muitas doenças podem ser transmitidas pelo sexo, como a contaminação pelo vírus da Aids, da gonorreia, da herpes e da sífilis, pode ocorrer numa única relação sexual. A camisinha é eficaz para prevenir esses problemas. O preservativo é o melhor método para evitar Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e a gravidez. Outros métodos contraceptivos causam alterações hormonais, não previnem contra as doenças e podem prejudicar o organismo.
  • Beijos perigosos – Beijos em desconhecidos podem transmitir doenças. Existem alguns vírus que podem ser passados pelos beijos, como a mononucleose infecciosa. Ela pode levar a febre, dores de garganta e até aumento do fígado e do baço. Herpes labial também é transmitida pelo beijo. Ela se torna crônica e depois da primeira crise volta sempre que há uma queda da imunidade. Ela é aparente e pode ser notada nesse período em que é transmissível.

Energéticos atrapalham o coração – bebidas energéticas ou guaraná em pó dão mais energia para pular e dançar, mas os especialistas avisam: contém muita cafeína, impedem o sono, causam gastrite e sobrecarregam o coração, podendo até levar à arritmia cardíaca.

  • Beba com moderação – o problema com as bebidas alcoólicas, principalmente a cerveja, é que são potencialmente diuréticas, fazendo com que a pessoa elimine mais líquidos do que ingere, o que leva à desidratação. Por isso, os médicos recomendam que a cada copo de bebida alcoólica se tome um de água. Assim, se pode neutralizar os efeitos negativos e a ressaca. Coma sempre alguma coisa enquanto bebe, para manter o nível de glicose no sangue e evitar o mal estar.
  • Descansar – Dormir pelo menos 7h por dia, se não for à noite, ao menos em alguns períodos ao longo do dia ou depois do almoço.

Dicas especiais para mulheres

– Usar roupas leves e confortáveis – no meio da multidão, se você quiser dançar e pular as roupas pesadas ou apertadas vão ser um incômodo, nada como sentir-se livre.

– Escolha sapatos confortáveis – se a previsão é ficar muitas horas de pé, sambando, esqueça os saltos altos. Além de machucar seus pés, você poderá ter problemas na coluna e mais tarde aparecerá a dor nas costas e dores nas pernas.

– Limpe a maquiagem à noite – se pretende usar maquiagem pesada, com glitter e opções carnavalescas, mais um motivo para não dormir com a maquiagem, que poderá fazer mal para sua pele e seus olhos.

– Hidrate os cabelos – eles são o ponto alto da preocupação das mulheres com a aparência. Se for brincar o Carnaval na orla marítima, no sol, à beira da piscina, use xampu e condicionador hidratantes e faça uma hidratação depois do Carnaval, para reparar os cabelos que ficarem ressecados. Sempre que possível, use chapéu.

Carnaval: depois da folia

Carnaval: depois da folia (Foto: Tuasaude)

Depois do carnaval

Quando acaba o Carnaval é hora de desintoxicar o organismo, além de eliminar o álcool ingerido. A alimentação deve fornecer os nutrientes perdidos, com um reforço através de vitaminas de frutas, leite, sucos de pepino e couve, legumes, saladas, ovos, sopas e carnes magras.

O fígado e os rins não devem ser sobrecarregados, para se recuperarem dos excessos do Carnaval, depois de algum tempo. Pelo menos durante um mês deve se evitar alimentos gordurosos, com muito sal, como linguiças, bacon, salsichas, carnes vermelhas, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Se surgirem sintomas ou alterações na região íntima, deve-se procurar o médico para investigar a presença de doença sexualmente transmissível.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.