dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Não sabe seu CEP? Ache aqui.

Cirurgia plástica exige planejamento e cuidados

Atualmente, mais e mais mulheres querem melhorar seus próprios corpos através de intervenções estéticas, ainda caras para a maioria.

A busca da beleza não é novidade da nossa época. Todos os períodos históricos, retratados pela arte em escultura e pintura, mostram como as formas arredondadas das mulheres sempre foram atrativas.

Cirurgia plástica exige planejamento e cuidados

Desde os povos primitivos, seios fartos e nádegas fortes e volumosas foram instintivamente e simbolicamente relacionados com sinais de fertilidade. Até hoje exercem um forte apelo estético para os homens.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

O sucesso da cirurgia plástica no Brasil

Em 2013, o Brasil chegou a ocupar o primeiro lugar no mundo em número de cirurgias plásticas, com um total de 1,5 milhão de procedimentos estéticos. As mulheres representam 88% desse total.

Em 2015 e 2016, entretanto, o número de cirurgias plásticas diminuiu, muito provavelmente em decorrência da crise econômica. Segundo pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, no Brasil foram realizados 1,22 milhão de procedimentos no ano de 2015, uma queda de quase 120 mil cirurgias a menos do que no ano anterior.

A queda em relação a 2013 foi de quase 230 mil procedimentos  e mesmo assim o Brasil permanece em segundo lugar no ranking dos países que mais registram cirurgias plásticas, apenas superado pelos Estados Unidos, onde, em 2015, foram realizadas 1,41 milhão de cirurgias. 

A preocupação com a estética cresceu no Brasil no auge do consumo, juntamente com o crescimento do mercado de produtos de beleza, maquiagem e todo tipo de cosméticos. Um dos especialistas em cirurgia plástica, Dr. Carlos Komatsu, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é um dos que atribuem o sucesso das cirurgias plásticas ao crescimento da classe média, com um maior número de pessoas que passaram a ter acesso a bens e serviços, como viagens e tratamentos de estética.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Os fatores culturais, psicológicos e sociais impulsionam o mercado de cirurgias plásticas. Há uma ansiosa busca pelo corpo ideal, acompanhada da rejeição de características diferentes do padrão de beleza dominante. A beleza ideal, na verdade, é um padrão construído socialmente, que biologicamente é praticamente impossível de ser alcançado. Perseguir o padrão ideal torna-se, muitas vezes, uma obsessão.

A beleza ideal, divulgada pela mídia, adotada pela indústria da moda e dos cosméticos, passou a ser incorporada de forma sutil e profunda no subconsciente de mulheres e homens. Existem pesquisas que demonstraram que 98% das mulheres não estão felizes com seus corpos.

Segundo o secretário-geral da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o cirurgião plástico Dr. Dênis Calazans, é condição imperativa para a cirurgia plástica a existência de necessidade, tanto emocional, como física e funcional. A cirurgia deve ser encarada não como um modismo, mas como tratamento médico. 

Segundo o cirurgião há pessoas que buscam a cirurgia plástica para resolver seus problemas psicológicos. Outras ainda encaram a cirurgia corretiva com a mesma disposição com que frequentam o cabeleireiro para um corte de cabelo. De acordo com o Dr. Calazans, o cirurgião plástico precisa, em nome da ética, recusar o procedimento em muitos casos, explicando as razões para o paciente. 

Cirurgia plástica – qual o custo?

Além da análise sobre os riscos clínicos que a paciente corre com um procedimento estético, é importante falar sobre os custos, porque a maioria das interessadas precisa se programar com bastante antecedência para o pagamento da cirurgia.

Cirurgia plástica – qual o custo?

A análise dos custos é essencial, porque o sonho da cirurgia plástica só poderá ser realizado se a paciente tiver condições financeiras para pagar por todas as etapas do procedimento. Os valores a serem desembolsados para a correção de qualquer problema estético são por conta da paciente, porque eles não são cobertos pelos planos de saúde.

Os valores referentes aos diversos tipos de cirurgia plástica dificilmente são acessíveis através da internet. Isto porque não há possibilidade de responder com precisão sobre preços, sem que o paciente compareça pessoalmente a um consultório de cirurgião plástico para uma avaliação.

Os custos, que variam conforme o local do procedimento e a complexidade do caso, incluem os honorários da equipe de cirurgia, o tempo de internação hospitalar, o tipo do hospital e os honorários do anestesista. Quando se trata de colocação de próteses, também o custo das próteses, que podem ser nas mamas, glúteos, peitoral ou panturrilhas. Por esse motivo, os custos totais das cirurgias plásticas são muito variáveis.

O cirurgião plástico pode cobrar livremente os seus honorários. Dependendo da cirurgia pode ser necessário um segundo cirurgião plástico, que atua como auxiliar. Também atuam uma enfermeira instrumentadora e um anestesista. Para pequenas cirurgias, feitas até mesmo no consultório, não é necessária a presença de um anestesista, porque a anestesia é local.

Os valores cobrados para a realização da cirurgia plástica são determinados também por outros fatores, como a fama do cirurgião plástico, o grau de dificuldade do procedimento, se a cirurgia é realizada em grandes capitais e em hospitais de primeira linha. Em locais com poucos cirurgiões plásticos por habitante os preços cobrados são maiores.

Internação em hospital ou clínica

Hospitais e clínicas renomados, bem localizados nos grandes centros urbanos, cobram valores mais elevados pela internação. A renda per capita da cidade e a estrutura hospitalar local exercem influência no preço da diária de internação.

As condições da clínica ou hospital devem oferecer segurança e qualidade, porque existe a possibilidade de ocorrências inesperadas, quando se espera encontrar o atendimento de emergência adequado.

Preços das próteses de silicone

Dentre todos os elementos que compõem o valor a ser pago por uma cirurgia plástica, a prótese é o que oferece menor variação. As próteses de silicone para implante nas mamas devem ser de qualidade, oferecendo segurança. Próteses chinesas são muito mais baratas, mas perdem no quesito garantia e segurança.

Imagem:

A escolha do cirurgião plástico não deve ser feita em função do preço. Existem muitas ocorrências trágicas que cercam cirurgias plásticas feitas com negligência da segurança. As cirurgias não devem ser feitas em clínicas sem a necessária infraestrutura, as próteses não podem ser de qualidade duvidosa e é preciso muito cuidado ao se tentar economizar na internação, realizando o procedimento arriscado no consultório médico. Algumas pacientes, por exemplo, já sofreram paradas cardiorrespiratórias ao realizar uma lipoaspiração.

Qualidade sempre significa preço mais alto, é uma questão lógica, não existe mágica. Sempre existem riscos e os cuidados devem ser rigorosos. A análise do preço é importante, mas as qualidades do cirurgião e as condições de realização do procedimento são ainda mais prioritárias, porque é a vida que está em jogo. 

Depois da cirurgia plástica

Existem inconvenientes e riscos depois que a paciente sai da sala de cirurgia. Após o procedimento estético, para a retirada de gordura do abdômen, a abdominoplastia, ocorre o acúmulo de líquido sob a pele, denominado seroma, com ocorrência também de sangramentos leves, hematomas, dormências e formigamentos, em consequência de danos causados aos nervos. Também pode ocorrer a perda da sensibilidade local.

Após a cirurgia, durante a primeira semana de pós-operatório, é necessário repouso absoluto. É normal que se tenha dor, hematomas e inchaços no local da operação. Os hematomas podem desaparecer em 10 dias. A paciente precisa se movimentar com muito cuidado e aos poucos começar a andar, para ir ao banheiro ou sentar-se à mesa. Sem movimentos existe o risco de trombose nas pernas. A exposição à luz solar é proibida, porque provoca a hiperpigmentação do local, deixando a cicatriz escurecida.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.