dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Como deduzir as despesas médicas e com plano de saúde do IR

Como deduzir as despesas médicas e com plano de saúde do IRA declaração do imposto de renda sempre gera dúvidas e uma delas é sobre o que informar na parte de despesas médicas e plano de saúde. Entenda como deve ser feita essa declaração corretamente.

Todos que declaram imposto de renda já possuem o costume de pedir recibos em despesas médicas, pois sabem que isso contará na hora de fazer seu IR. Mas é preciso ficar atento para não errar ou se esquecer de algum valor importante.

Primeiro, vale saber que esta parte engloba, além dos gastos com a mensalidade do plano de saúde, tudo que fez em relação a internações e consultas em geral relacionadas à sua saúde.

A parte de farmácia e gastos com medicação, infelizmente, não podem entrar nos valores. Isso só é contabilizado se for algo cobrado durante uma internação, onde constará nos gastos do hospital.

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

Quanto ao plano de saúde, o que conta é sua mensalidade. Porém, se você tem o plano da empresa onde trabalha e arca somente com um percentual do valor total, você só poderá declarar o percentual pago por você, já que o restante não foi uma despesa sua.

Cirurgias plásticas também não devem entrar nas deduções, a não ser que seja para uma reconstituição necessária. Por exemplo, se você vai colocar silicone apenas por estética, não entra, mas se teve um câncer de mama e precisa fazer a reconstituição, pode deduzir do seu imposto de renda.

Veja outros casos onde pode ter dúvidas sobre despesas médicas na hora de fazer sua declaração do imposto de renda:

1 – Gastos com exame de DNA são dedutíveis do IR?

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Não, estes gastos não devem ser considerados na hora de fazer a declaração.

2 – Gastos com internação domiciliar entram no IR?

Sim, desde que haja uma fatura do hospital onde conste a descrição do serviço e valores, como se fosse uma internação local mesmo.

3 – Aparelhos e próteses ortopédicas entram no IR?

Sim, desde que estejam de acordo com a Instrução Normativa SRF nº 15, de 6 de fevereiro de 2001, art. 43, § 7º, que “considera aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas pernas e braços mecânicos, cadeiras de rodas, andadores ortopédicos, palmilhas e calçados ortopédicos, e qualquer outro aparelho ortopédico destinado à correção de desvio de coluna ou defeitos dos membros ou das articulações.”

4 – Marcapasso pode constar na declaração do IR?

Sim, desde que esteja na fatura do hospital ou do médico que fez a cirurgia.

5 – Parafusos e placas ortopédicas e odontológicas fazem parte do IR?

Sim, desde que estejam discriminados na fatura do hospital ou profissional que realizou o procedimento.

6 – Quais tipos de itens se enquadram nas próteses dentárias que podem estar no IR?

Dentaduras, coroas e pontes.

7 – Aparelho ortodôntico pode entrar no IR?

Sim, tanto o aparelho como os gastos com manutenção podem estar no IR, desde que estejam inclusos no recibo dado pelo profissional.

Estas e outras dúvidas sobre a declaração de despesas médicas no imposto de renda podem ser consultadas no site da Receita Federal, mas você ainda pode consultar um profissional na hora de fazer sua declaração.

Artigos relacionados:

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *