dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

Pesquisas demonstram a alta concentração de pesticidas ou substâncias cancerígenas, na maioria dos alimentos consumidos pelo brasileiro.

Somos constantemente informados da presença de pesticidas nos alimentos produzidos no Brasil. Mas um alerta trouxe ainda mais urgência na necessidade de escolher o que comemos, porque agora os pesticidas estão sendo encontrados em quantidades muito acima das permitidas.

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

O consumidor deve exercer o seu direito por uma alimentação mais saudável, pressionando seus representantes para que haja segurança alimentar. A alternativa para as famílias passou a ser o consumo de alimentos orgânicos ou, para quem tem espaço disponível, o cultivo caseiro de hortaliças e frutas. Alimentos orgânicos são os que são cultivados sem fertilizantes, pesticidas ou herbicidas, não usam sementes geneticamente modificadas e nem adicionam aromatizantes ou corantes artificiais.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

Novos alertas para a gravidade da situação

A instituição PROTESTE – Associação de consumidores – é quem fez o último alerta, demonstrando que uma grande parte dos alimentos que consumimos diariamente está contaminada com pesticidas em doses acima das permitidas e também com substâncias não permitidas para uso. Assim acontece com o pimentão, o tomate, morango, maçã, milho, alface, farinha de trigo e soja em grão.

Os alimentos foram analisados em laboratório, para a identificação de resíduos de pesticidas presentes e se as quantidades estavam adequadas ao que é autorizado pela legislação estabelecida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Os alimentos foram comprados em supermercados e feiras, nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.

Os resultados demonstraram que em 14% dos alimentos o teor de pesticidas estava acima do recomendado. E o mais grave é que 37% das amostras analisadas continham pesticidas não autorizados para o uso no plantio ou são proibidas no Brasil, devido ao perigo que representam.

Pimentão verde – O campeão dos venenos foi o pimentão verde, segundo a pesquisa realizada. Foram encontrados 19 resíduos de pesticidas diferentes em apenas 4 amostras de pimentão. Desses 19 pesticidas, 9 são proibidos para aplicação nesse alimento! Portanto, esse é um alimento que você deve evitar consumir, a não ser que seja de origem orgânica, ou seja, com garantia de cultivo livre de pesticidas.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

Morango – O morango é o segundo colocado no ranking da contaminação. Todas as amostras testadas demonstraram conter resíduos de agrotóxicos e o pior é que as substâncias não são autorizadas para esse cultivo, em metade dos casos. Além disso, há o caso de resíduos acima do limite máximo autorizado. Esses resultados só confirmaram a classificação da Anvisa.

Soja – Nas amostras de soja foram encontrados resíduos de pesticidas em todos s casos. Além disso, a quantidade de glifosato era bem superior ao limite máximo permitido.

Tomate – Os resíduos de pesticidas foram encontrados em todas as amostras analisadas. Foi constatada a presença do perigoso Oxamil, em um caso, produto proibido pela Anvisa para uso no Brasil.

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

Alface – Apesar da alface ser o alimento com menos resíduos encontrados, foi constatado o uso de Ditiocarbamatos em uma quantidade acima do limite recomendado. Esse é um dos pesticidas mais utilizados no Brasil.

Maça – Em quatro das cinco amostras analisadas foram constatados resíduos de pesticidas. O Ditiocarbamatos estava acima do limite permitido em uma amostra. O Tiacloprido, pesticida não permitido para a cultura da maçã, estava presente em duas amostras.

Milho – Os resultados demonstraram que o Glifosato está sendo utilizado em dosagem excessiva. Duas das três amostras analisadas continham resíduos do Ácido Aminometilfosfônico, que indica que foi utilizado o Glifosato maciçamente.

O mesmo percentual de contaminação foi observado dentre as farinhas de trigo analisadas. Duas das três amostras continham resíduos de pesticidas, sendo um deles, o Glifosato, não permitido para essa cultura.

A quantidade de pesticidas constatada e a expansão do seu uso para várias culturas  aumentou em relação a testes anteriores feitos pela PROTESTE. Em 2008, o resultado de estudo do uso de pesticidas havia demonstrado que isso acontecia nas culturas de morangos e tomates.

Você ingere acrilamida?

Saiba que a acrilamida é uma das substâncias mais nocivas à saúde e uma das causas do câncer. E se você come batata tipo chips de pacote, você ou seus filhos ingerem acrilamida!

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

Batata chips – Batatinhas chips, nos famosos pacotinhos plásticos ou em lata, são muito apreciados, por adultos e crianças, em todo o mundo. Ela é vendida livremente, sem nenhum alerta, mas contém uma substância muito prejudicial, a acrilamida, que é decorrente de seu processo de fabricação.

No processo de produção da batata chips, uma mistura de arroz, trigo, flocos de milho e flocos de batata são misturados até formar uma massa, que é moldada em forma de batata. Essa mistura é levada a fornos de temperatura altíssima e depois a ela são aplicados temperos e sal (muito sal!), além de sabores artificiais em pó, de cebola, bacon e outros. Mas é a alta temperatura, acima de 120 graus Celsius, que deixa as batatas crocantes é que faz com que a acrilamida seja formada, uma das substâncias causadoras do câncer.

A acrilamida também afeta o sistema nervoso, aumenta a infertilidade masculina e pode causar defeitos congênitos nos bebês.

Outros produtos que contém acrilamida, segundo a PROTESTE, que analisou 51 produtos, tais como: biscoitos doces e salgados, biscoitos cream cracker, salgadinhos diversos, torradas e pão francês. Todos eles contêm alta quantidade de acrilamida, porque são basicamente carboidratos, assados a temperaturas acima de 120ºC.

É este o quadro dos produtos analisados pela PROTESTE:

Cuidado com os alimentos que contêm pesticidas ou acrilamida!

A Anvisa já havia determinado, desde 2007, que os itens compostos por amido não sejam submetidos por muito tempo a temperaturas maiores do que 120ºC. No entanto, o que foi observado é que a recomendação não está sendo obedecida.

A acrilamida foi classificada como potencial causadora de câncer pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer. Apesar de ainda não se conhecer o limite máximo seguro para o consumo, a PROTESTE recomenda que se reduza a ingestão desses alimentos. Os fabricantes precisam rever os processos de fabricação e respeitar as metas para a redução da substância nos produtos.

O que se torna cada vez mais necessário é a necessidade de organização dos consumidores e cidadãos para que a saúde pública seja respeitada e haja mais cuidado e responsabilidade por parte da indústria de alimentos. Somente com informação e organização será possível exigir esse direito à segurança alimentar.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating