dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Dieta balanceada e alimentos termogênicos: quais as novidades na redução da gordura localizada

As gordurinhas extras, que formam os famosos pneuzinhos e barriga saliente, são odiadas não só pelas mulheres, mas também pelos homens que se esforçam por mostrar a boa forma. Esse acúmulo de gordura inconveniente, no entanto, pode ser reduzido e até eliminado com algumas mudanças na alimentação.

Para que você se sinta mais confortável com sua imagem, além de trabalhar a autoestima, é importante aderir a uma dieta balanceada, que inclua alimentos chamados de termogênicos, que aumentam a temperatura do corpo e aceleram o metabolismo. Com o efeito de redução do inchaço é possível reduzir 1 quilo por semana.

Os alimentos termogênicos incluem uma grande variedade, desde tempero, frutas e até chás

  • Gengibre – esse é um dos mais eficazes. Um pequeno pedaço de 1 cm pode ser consumido cru, em chá ou acrescentado ao suco de frutas.
  • Os vegetais de cor verde escura, como brócolis, agrião e alguns tipos de alface são ricos em antioxidantes, que trabalham para eliminar o inchaço.
  • A canela – consumida em chás ou polvilhada em cremes e frutas assadas, como banana e maçã. A canela é rica em elementos termogênicos e é deliciosa.
  • Pimenta – a pimenta, principalmente a vermelha, é alimento que acelera o metabolismo. Pode ser consumida no tempero de saladas e carnes. Algumas pimentas são menos ardidas do que outras, para quem prefere.
  • Limão – o suco de limão é um auxiliar na redução da gordura, além de se transformar em alcalino no estômago, reduzindo a acidez que é tóxica para o sangue e ossos.
  • Melancia – é considerada fruta no ocidente, mas legume no oriente, onde é consumida com sal. A melancia tem fibras e colabora para a sensação de saciedade, além de conter elementos termogênicos.
  • Abacaxi – é um poderoso diurético, ajudando a eliminar toxinas do organismo, colaborando para reduzir o inchaço do abdômen.
  • Chá verde – pesquisas demonstraram que o chá verde atua para diminuir a gordura abdominal. Ingerida duas a três vezes por dia reduz o peso e as medidas do abdômen.
  • Chás de ervas como hibisco, carqueja, boldo, sene, alcachofra e funcho também são poderosos para o emagrecimento. O chá pode ser consumido quente ou gelado e seu efeito pode ser observado quando tomado em três dias da semana.
  • Água – a água é importante para reduzir o inchaço, lubrificar os intestinos e ajudar na eliminação das toxinas. Todas as dietas dependem do consumo de água, para que a gordura seja queimada. É preciso tomar ao menos dois litros por dia, mas essa quantidade pode ser maior, dependendo da atividade física realizada.

As frutas e seu poder antioxidante e anti-inchaço

As frutas ajudam a eliminar a gordura localizada no abdômen em razão da quantidade de fibras que agem beneficamente sobre o intestino, ao mesmo tempo em que diminuem absorção da gordura. Entre as frutas com essa propriedade estão a maçã, a ameixa e a manga.

O poder antioxidante das frutas age na diminuição da gordura abdominal, através da melhora do processo inflamatório causado pela gordura. As frutas com maior poder antioxidante são as ricas em vitamina C, como o morango, a acerola, a tangerina, a goiaba, a laranja. Também são antioxidantes a uva, a framboesa e a amora.

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

Alimentos que favorecem o inchaço e a gordura localizada

Os alimentos termogênicos precisam ser consumidos sem esquecer que a dieta deve ser balanceada. Além disso, há aqueles que precisam ser evitados quando se busca eliminar gordurinhas localizadas e inchaço:

  •  Leite – por conter proteínas que são de mais difícil digestão, o leite contribui para a retenção de gorduras. O iogurte é de digestão mais fácil e outros queijos leves como o de cabra e búfala são mais magros.
  •  Os alimentos que contém glúten também podem contribuir com substâncias que levam à inflamação e inchaço. São os derivados da cevada e do malte, entre eles a cerveja, que deve ser evitada. Além disso, as massas e o pãozinho de trigo ou de centeio também são causadores de inchaço.
  •  O excesso de sódio, contido no sal, também é um inimigo das dietas, porque causa a retenção de líquidos.
  •  Os doces e bolachas recheadas contém açúcar, que leva o organismo a fabricar mais glicose e insulina, que promovem o armazenamento da gordura na região abdominal.
  • Alimentos que provocam gases, que levam a um aumento do volume da barriga, como refrigerantes, frituras, embutidos e alguns legumes, como o feijão consumido sem arroz.

Não se deve passar fome em uma dieta, deixando intervalos muito grandes entre uma refeição e outra, pois a resposta do metabolismo é guardar gordura para se proteger da privação. O ideal é que se fracione mais as porções durante o dia, fazendo sempre um lanche, com sucos, gelatina ou frutas.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *