August 27 2012

Regina Di Ciommo

A filosofia da comida de Jamie Oliver

http://www.foodnetwork.com

Jamie Oliver é um fenômeno no mundo da alimentação. Ele é um dos mais admirados artistas da televisão e uma das mais famosas personalidades britânicas, conhecido mundialmente. Jamie fez um sucesso estrondoso na TV de diversos países, com programas criativos de muito sucesso. Os mais recentes são 30 Minutos e Pronto, Jamie Oliver na Itália, A Revolução dos Alimentos, premiado com o Emmy, além dos especiais Coma Para Salvar Sua Vida, Ceias com Peixe, Jantares com Galinha, Jamie Salva o Bacon.

Segundo ele, sua filosofia do alimento e da comida saudável tem sido sempre experimentar de tudo de um modo equilibrado. Se o alimento é uma das grandes alegrias da vida, questiona Jamie, como chegamos ao triste ponto em transformamos a comida em um inimigo e algo que devemos temer? Jamie acredita que, quando se usa bons ingredientes para fazer pratos de massa, saladas, ensopados, hambúrgueres, vegetais assados, saladas de fruta e mesmo bolos fantásticos, tudo tem lugar em nossa dieta. Só precisamos redescobrir nosso senso comum: podemos desejar comer macarrão com queijo de vez em quando, não há problema. Depois é só comer uma porção generosa de salada fresca e não partir para aquele pedaço enorme de bolo de chocolate.

Jamie inspirou muitas pessoas a gostar de passar mais tempo na cozinha e começarem até mesmo a cultivar seus alimentos. Seus programas são atualmente transmitidos para mais de 100 países, incluindo Estados Unidos, Austrália, África do Sul, Brasil, Japão e Islândia. Seus livros foram traduzidos para 30 idiomas e são “bestsellers” não apenas no Reino Unido, mas através do mundo. O seu último livro, 30 Minutos e Pronto, se tornou a sua primeira obra a vender mais de um milhão de exemplares na Inglaterra, quebrando todos os recordes de rapidez nas vendas de um livro de não-ficção.

Segundo Jamie, saber cozinhar significa que seremos capazes de transformar toda espécie de ingredientes frescos em refeições, desde que eles estejam em sua estação, no seu melhor ponto e baratos. Cozinhar desse jeito vai ser sempre mais barato do que comprar comida processada, além do fato de ser de melhor qualidade para a saúde. Pelo fato de se estar cozinhando com os melhores e belos ingredientes no seu melhor momento, o resultado é que se vai começar a encontrar naturalmente um sensível equilíbrio. Podemos começar a sentir em alguns momentos que desejamos comer algo mais leve e fresco, e em outros dias vamos preferir alguma coisa mais quente e aconchegante. Se gostarmos de petiscos entre as refeições, podemos tentar escolher algo mais saudável, ao invés de cair na tentação do chocolate e da batata chips.

Basicamente, se soubermos reconhecer que guloseimas são apenas guloseimas que não acontecem diariamente, estaremos bem. Possuir uma abordagem “saudável” para a alimentação e comer melhor significa adquirir o senso de equilíbrio, isto é, muita coisa gostosa, grande variedade e alguma indulgência com um escapadinha de vez em quando.

Um grande projeto de Jamie Oliver foi o programa Jamie: Ministério da Alimentação, uma série produzida para a TV em 2008, que mostrava como pessoas que nunca haviam cozinhado podiam ser inspiradas a cozinhar com um pouco de encorajamento e informação. A ideia foi explorar a forma como amigos, familiares e colegas de trabalho podem compartilhar receitas e cozinhar com ingredientes frescos. Além disso, o programa montou uma central na cidade de Rotherham, para fornecer aulas de culinária e orientações aos habitantes da cidade, que estivessem dispostos a mudar os hábitos, abandonando comidas industrializadas e “prontas para levar”. Com o sucesso do programa, a prefeitura da cidade anunciou que continuaria a patrocinar as operações da central. O centro do Ministério da Alimentação continua tão bem sucedido que suas aulas tem que ser agendadas com várias semanas de antecedência. Um segundo centro foi aberto em Bradford em 2009 e um terceiro na cidade de Leeds, em 2010. Muitas outras cidades da Inglaterra estão planejando a abertura de centros similares para a prevenção e o controle do crescente problema da obesidade.

As sementes que Jamie Oliver vem plantando são de uma verdadeira Revolução da Comida, para uma vida não apenas saudável, mas equilibrada e feliz.

 

Sobre o autor: Regina Di Ciommo

Mestrado e Doutorado em Sociologia pela UNESP – Universidade Estadual Paulista, pós-doutorado em Recursos Naturais com especialização em Ecologia Humana. Pesquisadora da Universidade Estadual da Bahia, em Ilhéus, é professora de cursos de pós-graduação. Autora e coordenadora de projetos de desenvolvimento local e sustentabilidade, nos estados de São Paulo e Bahia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário