dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Qual o melhor exercício para mim? Entenda as diferenças e saiba já!

Fazer exercícios físicos vai exigir muito mais do que boa vontade, é preciso encontrar um que proporcione satisfação e que esteja adequado ao seu biótipo e objetivos. Quando não existe essa combinação é possível que a pessoa acabe desistindo de praticar atividades esportivas e nem sempre isso acontece porque ela é preguiçosa, apenas não encontrou a atividade correta.

Qual o melhor exercício para mim? Entenda as diferenças e saiba já!

Para encontrar o melhor treino e os exercício ideal é preciso considerar alguns fatores:

  • Quais são os objetivos? Se pretende apenas perder peso ou ganhar um pouco de músculos, uma treino de leve a moderado pode ser satisfatório. Agora, se pretende competir, por exemplo, uma maratona, será preciso treinar todos os dias por muitas horas e em um ritmo intenso.
  • Você está treinando todo o corpo? Tudo bem que o objetivo seja ficar com a barriga trincada, mas treinar apena só músculos abdominais podem trazer problemas. É preciso considerar outros músculos próximos, além da respiração e das articulações.
  • É possível conciliar as atividades diárias com o treino? Não adianta elaborar um treino que ocupe 6 horas do seu dia se não possui disponibilidade para isso. Reveja a sua agenda e descubra o tempo disponível para praticar exercícios, mesmo que sobre apenas 20 minutos diários, com treinos bem elaborados os resultados podem ser eficientes.
  • Os exercícios combinam com o seu estilo de vida? Não ouça apenas o instrutor da academia que diz que você pode ficar com músculos em pouco tempo, se o seu estilo de vida não é esse. Identifique realmente o que deseja, se passa muitas horas em pé, talvez precise apenas fortalecer a musculatura da perna.
  • Prefere fazer atividades sozinho ou em grupos? Essa pergunta deve ser respondida uma vez que ajudará a encontrar uma atividade adequada. Quem não gosta de contato físico, escolher lutas com certeza não será a melhor opção.
  • Qual os eu grau de sedentarismo? Pessoas muito sedentárias não podem escolher atividades de alto impacto e nem muito intensas. Mesmo que queira fazer uma atividade desse tipo, deve adiar um pouco os planos e começar por uma mais suave até ganhar resistência.

Escolhendo o melhor exercício

Não há uma regra de qual o melhor tipo de exercício, mas sim aquele que vai atender melhor às suas necessidades. Independente de qual escolher é sempre indicado que se comece aos poucos, de forma leve e com pouco tempo, e gradualmente se aumente a intensidade.

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

Exercício aeróbico

Eles são ótimos para quem quer perder peso, pois ajuda a queimar calorias ao mesmo tempo que controlam o colesterol. Como eles aumentam a frequência cardíaca e a respiração, permitem uma melhor oxigenação.

São muitas as atividades que podem ser feitas, como por exemplo, a caminhada. Quem optar por exercícios aeróbicos deve praticar pelo menos 2 horas e meia de atividade por semana, aumentando a intensidade de forma gradual. E um mesmo treino é possível intercalar as intensidades indo da intensa para a leve e assim ajudando nos resultados.

Treinamento de força

Eles costumam ser feitos com auxílios de pesos e equipamentos que vão exigir bastante força física. Ele tem por objetivo transformar a gordura em massa muscular, fazendo com que os músculos, muitas vezes fiquem evidentes.

A recomendação é que sejam realizados em dias alternados para dar tempo da musculatura se recuperar a gerar o crescimento muscular. A execução é feita com repetições, normalmente de 8 a 12 e com pequenos intervalos entre elas.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Exercícios de equilíbrio

Esses são bastante indicados para pessoas mais velhas uma vez que com o tempo vamos perdendo o equilíbrio, porém pode ser praticados por pessoas de qualquer idade. Eles ajudam a prevenir quedas e consequentemente fraturas, sendo bastante indicado atividades como tai chi, pilates e yoga.

O ideal é que sejam praticados pelo menos três vezes por semana com duração de 30 minutos cada treino. Quando combinados com caminhadas podem ter seus benefícios ampliados.

Exercícios de alongamento

Os exercícios de alongamento ajudam a melhorar a mobilidade e são indicados para quem tem problemas decorrentes da idade, problemas de saúde ou por conta de uso de medicamentos. Eles ajudam a proporcionar mais flexibilidade e recuperar alguns movimentos.

O ideal é que sejam realizados todos os dias e se isso não for possível, pelo menos três vezes por semana. A realização pode ser feita com ou sem o auxílio de materiais.

Exercícios de relaxamento

Elas vão ajudar a melhorar a qualidade de vida e a reduzir o stress do dia a dia. Elas podem ser combinados com outros tipos de exercícios ou usados de forma isolada, apenas que uma caminhada, além de ser uma atividade aeróbica, também provoca relaxamento.

As técnicas de relaxamento muitas vezes vão trabalhar a mente e a respiração para que se consiga proporcionar benefícios. Ao mesmo tempo a musculatura relaxa, sendo ideal após treinos intensos.

Depois de conhecer as opções, é preciso avaliar as suas necessidades para escolher o exercício que mais agrada. Depois disso é só colher os resultados e conquistar uma melhor qualidade de vida.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *