dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual o seu DDD?


ou ver Listas Patrocinadas

Os alimentos do dia a dia que podem causar câncer

Os alimentos do dia a dia que podem causar câncer O câncer é uma doença que cada vez mais está presente e faz parte do nosso cotidiano, apesar de não saber exatamente a origem dele, sabe-se que ele surge em decorrência da alteração das células. E em alguns casos têm fatores que podem contribuir para que esse surja.

Recentemente a Organização Mundial da Saúde (OMS) fez uma declaração que deixou as pessoas um pouco preocupadas e mais atentas ao que se consome. Ela informou que carnes processadas como presunto, bacon e linguiça são causadoras de câncer, porém não é o fato de consumi-las uma única vez que irá causar o problema, mas por estarem presentes no dia a dia podem induzir a doença.

Não apenas esses alimentos são considerados cancerígenos, mas outros também e por isso são classificados pela OMS em 4 diferentes categorias:

Categoria 1 incluiu 118 substâncias que são comprovadamente cancerígenas.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

Categoria 2A e 2B com 363 itens provavelmente cancerígenos.

Categoria 3 são os itens  “não classificáveis quanto a sua carcinogenicidade a humanos”.

Categoria 4 possui 1 substância considerada “provavelmente não cancerígena aos humanos”.

A fim de identificar mais itens que podem fazer mal a saúde e que devem ser evitados, foi feito um levantamento de quais deveriam ser os alimentos que devem ficar de fora do nosso cardápio e as substâncias que podem nos prejudicar. Por isso veja quais são eles.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Gás radônio

Ela é resultado da desintegração de algumas rochas e acaba por ser um gás radioativo. Quando em ambiente aberto não costuma causar grandes problemas porque acaba se dissipando no ar, porém em ambientes fechados se torna uma preocupação.

Quem acha que está livre dele comete um grande engano, isso porque ele está presente nos materiais de construção e nesse caso fica quase impossível evitar o contato com esses.

Carne processada

Essa foi o motivo de tanto debate, isso porque o seu consumo vem crescendo a cada dia. Para que elas se conservem por mais tempo possuem uma grande quantidade de conservantes, entre eles o nitrato de sódio.

Quando esse entra no estômago sofre algumas modificações que podem interagir com o DNA e causar mutações que ocasionam o câncer, principalmente o do colo e reto.

Álcool

Apesar de alguns casos ele ser considerado bom, como por exemplo, consumir vinho em quantidade moderada, em grandes quantidades ele pode causar câncer.

Quem ingere álcool diariamente e em quantidades grandes tem chances de desenvolver câncer de boca, esôfago, fígado, cólon, reto e nas mulheres também se inclui o câncer de mama.

Hormônios

A combinação de progesterona e estrogênio bastante comum em pílulas anticoncepcionais e na reposição hormonal após a menopausa podem aumentar o risco de câncer, principalmente de mama. Em contrapartida a combinação delas protege contra o câncer de ovário e da mucosa uterina.

Fumaça de diesel

Não tem como fugir dela, principalmente quem vive nas grandes cidades, isso porque ela é resultante da queima de combustível. Pela sua grande toxidade ela é capaz de levar ao câncer de pulmão.

Raios ultravioleta

Não é novidade para ninguém que para se expor ao sol é preciso fazer uso de protetor solar, mesmo nos dias mais nublados. Isso porque a exposição aos raios violeta além de causar queimaduras na pele aumenta consideravelmente a chance de desenvolver câncer de pele.

Poluição

A poluição no geral seja ela emitida por carros, indústria ou queimadas é uma das grandes preocupações da OMS. Segundo um levantamento feito ela tem piorado nas grandes cidades e somente em 2012 cerca de 3,7 milhões de pessoas com menos de 60 anos morreram em decorrência dela.

Fumo

Engana-se quem acha que somente o fumante corre riscos, o fumante passivo, aquele exposto a fumaça de cigarro também pode desenvolver serias doenças cardiorrespiratórias e também câncer de pulmão.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.