dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Plano de saúde bom e barato: como ter o seu!

plano de saúde bom e baratoO plano de saúde bom e barato pode se adequar ao seu orçamento mesmo em tempos de crise.

Que ter um plano de saúde é fundamental todo mundo já sabe e na hora de contratar existem alguns cuidados básicos que devem ser observados. É preciso comprar valores, conferir se a cobertura atende as suas necessidades e outras coisas que tudo mundo já sabe de cor.

Porém, existem alguns pontos que muita gente nem se lembra na hora de economizar no plano de saúde, por isso fiz uma lista com alguns deles e que podem fazer toda a diferença.

Você pode ver aqui outras dicas para economizar no plano de saúde!

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

Participe de todos os programas que dão descontos

Os custos das operadoras de saúde estão cada vez mais altos, isso porque as pessoas ficam cada vez mais doentes, muitas vezes por conta de falta de cuidados com a saúde. Uma alternativa encontrada pelas operadoras para tentar diminuir esses custos foi oferecer programas de prevenção à saúde.

A grande questão é que no início eles não atraíram muitos as pessoas, afinal quem não se cuida normalmente é por falta de interesse. Mas e se isso mexesse com o seu bolso? Muitas operadoras criaram uma estratégia de recompensar os beneficiários que participam desses programas, sendo que em alguns casos se tem um desconto sobre o valor da mensalidade.

Aí você fala, mas o desconto é pouco, 10% por exemplo, mas você não parou para pensar em toda a economia que está fazendo. Imagine que você pague pelo seu plano R$ 250,00 por mês, realmente um desconto de R$ 25,00 pode não ser tão vantajoso.

Pense por outro ângulo, além de ter o desconto de R$ 25,00 na mensalidade ainda economizará com a consulta médica (em um plano coparticipativo algo em torno de R$ 21,00) e em alguns exames que estarão incluso no programa. Calculando por baixo a economia passará de R$ 100,00. Começou a fazer diferença?

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Participando dos programas de prevenção à saúde você fica mais saudável e não precisará passar por um atendimento de emergência porque passou mal ou utilizar medicamentos. Considerando tudo isso, será que a economia não compensa no plano de saúde bom e barato?

Evite o atendimento de emergência

Um grande erro das pessoas ao passarem mal ou sofrerem algum acidente leve é ir logo para o atendimento de emergência, por achar que ele é mais rápido. Realmente dependendo da gravidade essa é a melhor alternativa, mas se o caso não for esse acaba não compensando.

Você já parou para olhar quanto precisa pagar de coparticipação em casos de atendimento de urgência e emergência? O valor é muito maior do que uma consulta médica e que muitas vezes acaba sendo mais eficiente por te encaminhar direto para um especialista.

Quando não for um caso de gravidade extrema, antes de ir ao pronto socorro, tente encaixar o seu atendimento com um médico explicando a sua situação.

Busque por um bom médico

O plano de saúde bom e barato costuma selecionar os seus profissionais, porém mesmo assim existem médicos que não dão o atendimento que o paciente espera. Por isso, antes de agendar uma consulta tente se informar sobre o profissional. Por que?

Simples, se agendar uma consulta com um médico e não gostar do atendimento, provavelmente terá que se consultar com outro profissional e acabará pagando duas vezes pelas consultas. Além disso, existem médicos que receitam apenas medicamentos de alto custo e não indicam um genérico.

Peça descontos ao médico

Quem possui um seguro saúde que garante o reembolso das consultas, sabe que existe uma tabela que limita o valor máximo a receber. Sendo assim, se o limite de reembolso for de R$ 160,00 e você pagar R$ 200,00 pela consulta precisará desembolsar R$ 40,00.

Quando você conhece a tabela de reembolso fica mais fácil se atentar a ela e quando for ao médico não tenha vergonha de pedir um desconto no valor da consulta. Explique a ele a situação e tente negociar.

Entenda como funciona o reembolso no plano de saúde!

Peça amostras grátis

Os médicos recebem muitas amostras grátis e essas devem ser distribuídas aos pacientes. Por isso, sempre que lhe for receitado um medicamento questione ao médico o valor e se existe um genérico que possa substituir. Mesmo havendo medicamentos mais em conta, sempre questione ao médico que ele não tem algumas amostras grátis para lhe dar.

Em alguns casos é possível conseguir amostras para fazer boa parte do tratamento e assim se economiza um bom dinheiro.

Além disso, você pode conseguir descontos em medicamentos com o plano de saúde!

Compare os valores de coparticipação

Na hora de escolher o plano de saúde bom e barato muita gente acaba optando pela mensalidade mais barata e não leva em conta a utilização do plano. A grande maioria das pessoas fala que se o plano é pouco usado vale mais a pena optar por um plano com coparticipação do que um sem.

Mas a realidade não é bem essa, mesmo que se vá somente quatro vezes por ano ao médico, dependendo do tipo de exame que precisa ser feito um plano sem coparticipação acaba sendo mais vantajoso. Vou dar um exemplo para que entenda melhor.

Um plano coparticipativo tem uma mensalidade de R$ 174.75 e um sem coparticipação de R$ 224.82, uma diferença de apenas R$ 50,07 por mês ou R$ 600,84 por ano. Imagine que por consulta se pagar R$ 21,00 vezes 4 por ano daria R$ 84,00, nesse caso ainda compensa o plano coparticipativo.

Pois bem, das 4 vezes que se foi ao médico, em três foram solicitados exames e a sua coparticipação neles foi de R$ 217,80, R$ 302,54 e R$ 198,60. Agora vamos somar o valor das consultas mais os do exame, deu um total de 802,94, um gasto maior do que a economia com a mensalidade. Agora te pergunto, será que o plano coparticipativo é sempre a escolha mais barata?

Confira as faturas

Esse é um hábito que a maioria das pessoas não possui, conferir a fatura do plano. Se todos os meses ela lhe é enviada não é apenas para ver o valor total, mas sim tudo o que está sendo cobrado.

Principalmente nos planos coparticipativos é preciso uma maior atenção já que os valores podem variar. Confira todas as cobranças que estão sendo feitas, veja se não há nada duplicado ou que não utilizou. Se ficar na dúvida ou houver algum erro entre em contato imediatamente com a operadora antes de fazer o pagamento.

Entenda como funciona o plano de saúde com coparticipação!

Troque de plano de saúde sem cumprir carência

Na busca de economizar, algumas pessoas cancelam o plano de saúde atual e contratam um novo, isso pode parecer bom em um primeiro momento, só que se precisar utilizar o plano não será. Ao contratar um novo plano de saúde precisará cumprir todas as carências, mesmo pagando a mensalidade e não poderá utilizar os serviços.

Se precisar consultar um médico não poderá fazer isso porque o plano não cobrirá ainda o procedimento e nesse caso terá que pagar pela consulta particular. Para evitar isso, se for mudar de plano sempre opte pela portabilidade, dessa forma se aproveita a carência já cumprida no plano anterior e não precisa aguardar para usar o novo plano.

Veja como trocar de plano sem cumprir carência!

Plano de saúde bom e barato

Essas são algumas dicas para utilizar no seu plano de saúde e fazer com que os valores fiquem ainda mais acessíveis, no final poderá perceber que a economia foi grande.

O plano de saúde bom e barato é aquele que consegue atender a todas as suas necessidades, mas que não fica no senso comum. Ele deve ir além e oferecer muitos desses benefícios descritos acima.

Sabendo de todas essas dicas, na hora de escolher o seu plano de saúde bom e barato não se deve considerar apenas o valor da mensalidade, mas todos os outros itens adicionais que proporciona. Se ficar na dúvida, não deixe de levar essa lista e perguntar para o seu corretor se todos esses benefícios estão inclusos.

Com certeza, depois de conhecer essas dicas vai ficar muito mais fácil de cuidar do orçamento e cuidar bem saúde, fazendo com que isso deixe de ser uma preocupação.

Agora que já sabe de tudo isso, se está buscando um plano de saúde bom e barato sabe que a diferença não está somente nas observações a serem feitas no momento da compra. Quando se sabe utilizar bem o plano é possível fazer uma boa economia.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *