dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Pratique corrida e caminhada para beneficiar seu cérebro

Todos os exercícios são benéficos, mas o exercício aeróbico promove maior circulação e oxigenação das células cerebrais, ativando e aumentando sua capacidade.

Todos nós conhecemos os benefícios físicos que são conseguidos com exercícios, desde a manutenção do peso até o fortalecimento dos músculos. Entretanto, quando trabalhamos o corpo, nosso cérebro se beneficia também. De fato, a atividade física tem inúmeros benefícios, quando falamos de saúde do cérebro, que vão desde o aumento da capacidade de aprendizagem até a prevenção da demência, Alzheimer e envelhecimento cerebral.

Pratique corrida e caminhada para beneficiar seu cérebro

O Centro de Prevenção e Controle de Doenças americano recomenda que os adultos tenham pelo menos duas horas e meia de exercício aeróbico e dois dias de fortalecimento muscular por semana. Entretanto, somente 50% dos adultos com mais de 18 anos seguem as Recomendações de Atividade Física, fazendo exercícios aeróbicos, comparado com 24% que praticam atividades de fortalecimento muscular e 20% que fazem os dois tipos de atividade. Independentemente da idade ou nível de condicionamento físico, a pesquisa demonstrou que o exercício regular produz benefícios para a saúde mental.

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

Especialistas em estilo de vida explicam os muitos efeitos positivos do exercício no cérebro. A atividade física ajuda a impulsionar o sangue para todo o corpo, inclusive o cérebro, levando as células cerebrais a melhorar a conexão de umas com as outras.

Pratique corrida e caminhada para beneficiar seu cérebro

Os efeitos da atividade aeróbica no cérebro não podem ser subestimadas. Foi constatado que o treino aeróbico aumenta a conectividade no lóbulo temporal em um ano, em um grupo de jovens adultos estudantes, simplesmente andando. Enquanto isso, um exercício aeróbico mais intenso, como correr por 30 minutos, faz o tempo de reação ser mais rápido e estimula a expansão do vocabulário. Mulheres com 65 anos e mais ficam menos propensas a desenvolver um declínio cognitivo quando são fisicamente ativas.

Os benefícios mentais do exercício não são apenas para adultos, mas também para crianças. O exercício é crucial para o desenvolvimento cerebral das crianças. Aqueles que fazem mais exercícios tende a conseguir melhores notas, ter mais concentração e a ter, inclusive, uma melhor noite de sono.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Acima de tudo, os benefícios do exercício proporcionam melhor proteção para os neurônios, responsáveis pela elevada saúde mental ao longo dos anos. A atividade física age como um fertilizante para o cérebro, nutrindo e melhorando a atenção, a memória, a acuidade, bem como a maneira como processamos a informação. Quando nos exercitamos não estamos apenas fortalecendo nossos corpos, mas também o poder de nosso cérebro.

Que tipo de exercício age mais eficientemente no cérebro

Se você deseja aproveitar os benefícios do exercício em favor do seu cérebro e deseja saber qual o exercício mais eficiente para melhorar sua condição cerebral, a resposta para sua pergunta é a corrida.

Que tipo de exercício age mais eficientemente no cérebro

Pesquisa realizada na Universidade de Jyvaskyla, na Finlândia, constataram, através de experiência com ratos, que correr pode aumentar o número de células cerebrais.

O trabalho científico comparou roedores que foram colocados para fazer três tipos de exercício diferentes, levantar peso, corrida e treinamento de alta intensidade. A experiência concluiu que a corrida demonstrou multiplicar as células do cérebro, enquanto que as demais atividades não mostraram nenhum efeito no cérebro.

O levantamento de peso e o treinamento de alta intensidade produziram estresse nos ratos. O estresse é comprovadamente considerado um inibidor do desenvolvimento de neurônios na fase adulta. A corrida na esteira que os ratinhos praticaram que levou a aumentar o número de células cerebrais e era realizada por livre e espontânea vontade. Se o levantamento de pesos traz ou não benefícios cerebrais, isso ainda não foi comprovado cientificamente, enquanto que os efeitos do treino aeróbico são muito animadores.

Que tipo de exercício age mais eficientemente no cérebro

Para melhorar o humor e a rapidez do raciocínio

Se você costuma correr ou conhece que corre regularmente vai concordar que depois de fazer uma corrida ou até mesmo uma caminhada há uma sensação de bem estar. Com o hábito, até se começa a sentir falta desse exercício.

Até mesmo a ciência já comprovou aquilo que já sabemos pela experiência, que quando fazemos exercícios físicos, quando saímos para andar ou correr, esquecemos os problemas diários, nossa tensão diminui. É que o exercício estimula a produção de endorfinas, que faz com que tenhamos essa sensação de nos sentirmos bem.

Com o exercício o coração bate mais rapidamente, ativando a circulação para o cérebro e seus delicados circuitos e esse é exatamente o maior benefício do exercício físico.

Os efeitos sobre os músculos e até mesmo o condicionamento dos pulmões e do coração estão sendo considerados efeitos colaterais secundários, diante do benefício da atividade física sobre o bom humor e a rapidez de raciocínio.

Benefícios para o cérebro das atividades físicas de corrida e caminhada

  1. Prevenção de AVC – acidente vascular cerebral

  2. Quando praticamos uma atividade física aeróbica como corrida ou caminhada, a capacidade cardiorrespiratória aumenta, reduzindo a pressão sanguínea que nosso corpo tem quando está em repouso. Isso diminui o risco de AVC – acidentes vasculares cerebrais. Quando nos movimentamos há um aumento da síntese das proteínas, que estimulam a produção de células endoteliais, que revestem internamente os vasos sanguíneos, fazendo com que se tornem mais resistentes. No exercício também há maior dilatação dos vasos, o que facilita uma maior circulação do sangue.
  3. Benefícios para o cérebro das atividades físicas de corrida e caminhada
  1. Previne a demência

Pesquisa realizada na Suécia, no Instituto Karolinska, com 1173 pessoas acima de 75 anos de idade, durante 10 anos, demonstrou que o exercício ajuda a evitar altos níveis de glicose, que é um dos fatores responsáveis pelo Alzheimer, mesmo em pessoas não diabéticas. O exercício físico pode melhorar não apenas aspectos do desempenho mental, como reduzir o chamado déficit de cognição relacionado à idade.

  1. Age para melhorar o humor

  2. O exercício aeróbico promove a produção de serotonina, com o aumento das sinapses que evitam a atrofia do hipocampo, relacionada à depressão e ansiedade. Dessa forma, os estudos que estão sendo realizados comprovam cada vez mais que a atividade física, principalmente ao ar livre, melhora o humor. O exercício também proporciona a oportunidade de encontrar pessoas e fazer novos amigos, o que é importante para o bom humor e a autoestima, ainda mais depois dos 60 anos.
  3. Exige motivação e autocontrole

Para vencer a preguiça e manter a prática de atividades físicas, com frequência na corrida e na caminhada, há a exigência de planejamento e autocontrole. O exercício ativa uma maior produção de dopamina, que é responsável pela motivação e bem estar que nos movem a continuar a praticar a atividade física.

Atividades aeróbicas estimulam a memória

Com o estímulo fornecido pelas atividades aeróbicas há um fortalecimento das conexões neuronais. Também são formados novos neurônios no hipocampo, prevenindo o atrofiamento dessa área, que é responsável pela memória. Quando se ativa o cérebro com exercícios físicos há um aumento da neurogênese, ou seja, há a formação de novos neurônios.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *