dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Qual é a diferença entre seguro saúde e plano de saúde?

Quer saber qual a diferença entre seguro saúde e plano de saúde? Veja seguindo os nossos exemplos!

Qual é a diferença entre seguro saúde e plano de saúde?Quem busca um atendimento médico adequado sabe que é preciso contar com uma operadora de saúde para administrar isso. Por isso as pessoas acabam optando por contratar um plano, seja ele individual ou coletivo. Mas qual a diferença entre um plano de saúde e o seguro saúde?

Conheça 8 mitos sobre plano de saúde que você precisa conhecer!

Sobre o plano de saúde e o seguro saúde

O plano individual é feito diretamente entre o contratante e a operadora, já os planos coletivos são feitos por intermédio da empresa na qual o funcionário trabalha ou alguma associação ou sindicato ao qual é vinculado.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

Muita gente não percebe que ás vezes acabam optando por um serviço que não é especificamente um plano de saúde, apesar de garantir também acesso aos mesmos serviços. Apesar dos nomes serem bastante parecidos o funcionamento deles é diferente, isso porque a forma de utilização muda.

O que vai determinar o tipo de serviço é a abrangência do contrato, ou seja, o que cada um irá oferecer.

– Plano de saúde

Essa é a opção da maioria das pessoas e também a modalidade mais conhecida. Nesse caso a utilização dos serviços ocorre em rede própria ou credenciada, para que se possa utilizar os serviços é preciso verificar quais são os profissionais e locais que atendem pelo convênio.

Para isso o beneficiário precisa utilizar apenas os profissionais que fazem parte dessa rede e para garantir esse acesso é preciso fazer o pagamento de um valor mensal que determina quais procedimentos estão inclusos no plano.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Em alguns casos não muito comuns é possível também que o beneficiário escolha um profissional que está fora da rede credenciada e depois receba o reembolso. Porém essa opção só é válida se estiver determinada no contrato.

– Seguro saúde

Nesse caso as operadoras não possuem nenhum vínculo com profissionais de saúde e nem hospitais e clinicas. O beneficiário tem a livre escolha, por isso pode optar pelo profissional que preferir assim como o hospital.

A diferença é que nesse caso ele irá receber o reembolso das despesas sejam elas com consultas, exames e cirurgias. Os procedimentos cobertos pelo seguro saúde devem ser discriminados no contrato para que o segurado saiba ao que tem direito e esses podem ter um limite máximo para o valor do reembolso.

Algumas seguradoras também já estão disponibilizando aos seus clientes uma outra modalidade de serviço, nesse caso elas pagam direto ao prestador de serviço sem que o cliente precise desembolsar nenhum valor.

A regulamentação

Tanto o seguro saúde como o plano de saúde são regulamentados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e devem seguir diversos critérios para que possam ser comercializados. Enquanto os planos de saúde são fiscalizados com base na Lei 9.961/00, de 2000, os seguros e saúde seguem a Lei nº 10.185, de 2001.

Antes o que era responsabilidade de fiscalização da Susep passou a ser da ANS por se entender que isso está relacionado a cuidados com a saúde muito mais do que com seguros.

Em ambos os casos os beneficiários conseguirão ter acesso ao atendimento de saúde particular, porém o que irá mudar é a forma como isso é feito.

Agora a venda online de planos de saúde está regulamentada. Saiba mais!

Como escolher a melhor cobertura do seguro saúde e plano de saúde

O plano de saúde, assim como o seguro saúde, oferece cinco coberturas em comum. Conheça quatro coberturas segmentadas:

  • Plano ambulatorial: dispondo de cobertura básica, como consultas médicas e outras.
  • Plano de referência: inclui as coberturas dos planos hospitalares e ambulatoriais.
  • Plano hospitalar: tem como foco oferecer internação hospitalar, cobrindo gastos com despesas médicas e enfermeiras, além de exames complementares, tratamento de quimioterapia, transfusões e medicamentos.
  • Plano odontológico: cobre despesas com tratamento dentário, como cirurgias menores, endodontia, periodontia, entre outros.
  • Plano hospitalar com obstetrícia: além da cobertura do plano hospitalar, ele ainda oferece atendimento para pré-natal, eventuais complicações durante o pós-parto e assistências ao parto e ao recém-nascido por até 30 dias.

Antes de escolher entre um plano de saúde e o seguro saúde e suas coberturas, você deve fazer as contas para saber qual supre melhor as suas necessidades. No caso de dúvidas, não deixe de entrar em contato conosco!

Saiba quanto custa um parto com e sem um plano de saúde e contrate já o seu plano.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *