dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual o seu DDD?


ou ver Listas Patrocinadas

Saiba se você está com sintomas de problemas da tireoide

A tireoide é pequena no tamanho, mas sua importância e papel no metabolismo são imensos e muitas vezes desconhecidos, até pelos médicos.

A tireoide é uma glândula pequena, em forma de gravata borboleta, localizada na frente do pescoço. Ela é parte do sistema endócrino e produz os hormônios T4 e T3, que regulam todo o organismo, no que se refere ao crescimento, desenvolvimento e metabolismo.

Saiba se você está com sintomas de problemas da tireoide

Um olhar mais atento para a função da tireoide

A tireoide possui dois lóbulos, ligados por uma estreita faixa de tecido chamada de istmo. Os lóbulos são formados também por muitos pequenos lóbulos, reunidos por tecido conjuntivo. Ela produz, em suas células foliculares, os hormônios T4 – tiroxina e o T3 – triiodotironina.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.

O funcionamento da tireoide é complexo. Ela trabalha em conjunto com a glândula pituitária, que a controla. Quanto esta detecta que o nível dos hormônios da tireoide estão baixos, a pituitária libera um outro hormônio estimulante chamado de TSH, que vai agir sobre a tireoide, para que produza T4 e T3.

Hormônios da tireoide e o seu metabolismo

Os hormônios T4 e T3 controlam o metabolismo do seu corpo. Eles comandam as células para que convertam oxigênio e calorias em energia. Isso é muito importante, porque cada célula do seu corpo depende desses hormônios. Eles são produzidos constantemente, mas a produção aumenta quando você precisa de uma dose extra de energia, como, por exemplo, quando você sente frio. Eles agem para que o corpo permaneça aquecido. A produção também aumenta bastante durante a gravidez, para que a demanda de energia seja atendida.

A tireoide usa iodo para produz o T4, que representa 80% do total do hormônio tireoidiano presente no seu corpo. O T3 está presente em menor quantidade, mas ele é bem mais potente. A tireoide também produz um terceiro hormônio chamado calcitonina, que é composto por 32 aminoácidos, secretado pelas células tiroide e responsável por induzir a incorporação do cálcio no osso.

 Esqueleto normal e esqueleto com osteoporose.

Imagem: Esqueleto normal e esqueleto com osteoporose.

A ação da calcitonina é fundamental para o seu organismo, porque ela inibe a ação dos osteoclastos, que são as células que roubam cálcio dos ossos, enfraquecendo sua composição, dando origem à osteoporose. Ao mesmo tempo promovem a atividade dos osteoblastos, que agem para captar cálcio para os ossos. Além disso, a calcitonina promove a produção da vitamina D. As mais recentes pesquisas para o tratamento da osteoporose adotam a suplementação extra de calcitonina, que é obtida no salmão.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

O que interfere no bom funcionamento na tireoide

A tireoide e o sistema endócrino são interrompidos quando a corrente química produzida por ele se altera. E isso pode acontecer devido a várias causas, mas o mais comum é que seja nutrição inadequada ou por efeito de uma substância química.

Substâncias químicas

Alimentos orgânicos, livres de pesticidas.

Imagem: Alimentos orgânicos, livres de pesticidas.

As substâncias químicas que interferem em nosso sistema hormonal e endócrino causam inúmeros distúrbios, com consequências devastadoras sobre a nossa saúde. Podem causar câncer, desordens neurológicas, defeitos congênitos e outros. Entre essas substâncias perigosas estão as dioxinas e os pesticidas. As dioxinas são encontradas nos produtos de uso comum, como garrafas e recipientes plásticos, produtos de limpeza, como detergentes e desinfetantes, produtos de higiene, como shampoos e alguns cosméticos.

Para prevenir problemas maiores, livre o seu ambiente dessas toxinas. Os pesticidas estão em grande parte dos legumes e frutas que consumimos, a não ser que se adote uma dieta com produtos orgânicos.

Alimentação inadequada

A nutrição inadequada pode causar graves problemas da tireoide. Suas glândulas endócrinas simplesmente não podem produzir hormônios do nada, elas precisam de nutrientes específicos, como iodo e elementos como o selênio, para continuar trabalhando corretamente.

Problemas mais comuns da tireoide e seus sintomas

Hipotireoidismo

Quando a tireoide não produz suficientes quantidades de hormônio a consequência é o hipotireoidismo. Os sintomas são inúmeros e incluem:

– Dores nas juntas e musculares

– Sensibilidade exagerada ao frio

– Ganho de peso

– Cansaço e fraqueza

– Prisão de ventre

– Cabelos e unhas secas

– Ciclos menstruais irregulares ou pesados

– Depressão

– Queda de cabelo

– Batimento cardíaco fraco

– Inchaço no rosto, mãos e pés

– Rouquidão

Hipertireoidismo

Quando a glândula tireoide está hiperativa, produzindo muito hormônio. Os sintomas mais comuns são:

– Dificuldade de concentração

– Perda de peso

– Aumento do apetite

– Bócio

– Intestino muito ativo e diarreia

– Tremores

– Suores e sensibilidade ao calor exagerada

– Queda de cabelo

– Ciclos menstruais irregulares

– Pressão alta

– Palpitações do coração

– Nervosismo

– Insônia

– Coceira nos olhos

Sintomas de problemas na tiroide que muitos médicos não conhecem

Imagem: https://www.globalhealingcenter.com/natural-health/10-symptoms-thyroid-problems-doctor-may-miss/

A tireoide é um dos mais importantes componentes do nosso corpo. Os seus hormônios equilibram o organismo e afetam o peso, o humor e a estabilidade mental. Por ter uma influência tão ampla em tantas funções do corpo, mesmo funções consideradas secundárias, uma tireoide doente pode ter efeitos não esperados, estranhos, com sintomas que muitos médicos não conseguem identificar como sendo originados na tireoide. Ficar alerta é a chave e para isso aqui vão os sintomas que passam despercebidos ou não são associados ao mau funcionamento da tireoide:

– Colesterol muito alto ou muito baixo

Se você acha que o seu colesterol está alto porque ingere muita gordura na sua dieta, você pode estar enganado e seu médico também! Se o seu colesterol está fora da curva e a dieta ou exercício não resolvem é hora de considerar uma outra hipótese. Se você toma medicação para o colesterol e isso não funciona é preciso fazer um exame da tireoide.

– Juntas doloridas e dor nos nervos e tendões

 – Pesquisas mostraram que problemas na tireoide, tanto hipo como hipertireoidismo, podem causar dores em nervos, como no nervo ciático, tendinites ou bursites.

– Doenças Cardíacas 

Os hormônios da tireoide tem relação direta com a saúde do coração, portanto, se você tem um problema cardíaco você precisa ficar atento sobre a condição da sua tireoide. Estudos científicos mostraram que baixos níveis de hormônio tireoidiano são comuns em quem tem problemas nas artérias coronárias. Pacientes com níveis baixos de hormônios da tireoide têm mais ocorrência de problemas cardíacos.

– Unhas fracas ou que lascam

Unhas que quebram ou lascam podem refletir problemas da tireoide. Quem tem hipotireoidismo frequentemente tem unhas fracas, enquanto que pessoas com hipertireoidismo tem frequentemente a unha deslocada da carne nas pontas dos dedos. Em ambos os casos, pele seca e cabelos quebradiços também fazem parte do conjunto de sintomas. 

– Ansiedade e desequilíbrio no humor 

Seus hormônios tem um enorme papel na maneira como você se sente. No hipotireoidismo, os baixos níveis hormonais podem deixar você se sentir deprimido. Por outro lado, um excesso de hormônios pode levar à ansiedade ou ataques de pânico. Se você está se sentindo assim, pode ser uma boa ideia fazer os testes da tireoide antes de iniciar um tratamento com drogas psiquiátricas, que podem piorar os seus problemas. Muitas vezes médicos iniciam tratamento psicoterápico para depressão e ansiedade sem antes investigar as condições da tireoide do paciente.

– Inexplicável ganho de peso 

Se você ganhou ou perdeu peso de maneira que não sabe explicar porque, a causa pode ser um desequilíbrio na sua tireoide. O metabolismo depende diretamente da atividade hormonal. Antes de iniciar dietas radicais, procure o médico para testar a tireoide.

– Fadiga constante e fraqueza 

Fadiga constante é um problema que muitas vezes é ignorado. Muitos adultos jovens descrevem que sentem fadiga e pouca energia como resultado de seu estilo de vida, mas isso pode não ser verdade. Se você tem uma rotina estabelecida e dorme regularmente de 7 a 8 horas, mas sente que isso não é suficiente, pode estar experimentando sintomas de um problema com a tireoide. Os que sofrem de hipertireoidismo sofrem de insônia, têm dificuldades em adormecer. Cuidado para não iniciar um tratamento psicoterápico para insônia sem antes testar sua tireoide, porque tireoide, metabolismo e níveis de energia estão totalmente conectados.

– Baixa libido 

Se a tireoide está ligada aos hormônios, não é surpresa se homens e mulheres tiverem problemas com os órgãos reprodutivos. As mulheres podem ter menstruação mais frequente e longa quando os níveis de hormônio estão baixos e menstruação ligeira ou mesmo interrompida, quando há muitos hormônios. Muitos ginecologistas deixam de investigar a tireoide, indicando apenas suplementação hormonal. A fertilidade, de homens e mulheres, também é afetada. 

– Problemas intestinais 

Prisão de ventre nem sempre é causada pela dieta. O culpado pode ser o desequilíbrio do metabolismo. Os hormônios podem deixar de enviar enzimas ao intestino, para auxiliar a digestão. Quer em casos de prisão de ventre ou diarreia, que não respondem a terapias, deve ser considerado o check-up da tireoide.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.