dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual plano você precisa?

Seguro de Vida

Seguro de Vida – a segurança para você e para aqueles a quem você quer bem

Garantir a proteção financeira é o objetivo principal dos seguros de vida pessoais. O seguro de vida é um instrumento de estabilidade social, contribuindo para amenizar condições financeiras desfavoráveis que o segurado ou seus beneficiários podem enfrentar, dados os riscos que todos nós corremos na vida moderna. Portanto, ele vem atender às necessidades que surgem quando acontece a falta do chefe de família, homem ou mulher, o que geralmente afeta o padrão de vida dos dependentes.

O seguro de vida representa a proteção financeira do segurado em situações imprevistas de infortúnio, como invalidez por acidente ou doença, doenças graves, desemprego, perda de renda, etc. O seguro de vida efetua o pagamento de indenização ao segurado, no valor estipulado na apólice, no caso de acontecer um evento previsto no contrato. O seguro de vida não exclui a necessidade de se possuir um plano de saúde ou plano de previdência complementar.

A cobertura mais importante e obrigatória do seguro de vida é aquela que traz o apoio financeiro à família do segurado que vem a falecer, por causa natural ou acidental. Além dessa cobertura, existem as complementares, previstas no seguro de vida pessoal, que podem estar combinadas com o seguro viagem, por exemplo.

Preencha o nosso formulário e receba inteiramente grátis as melhores ofertas.

 

Fugindo um pouco do tema, já tem seu plano de saúde? Faça aqui a cotação do seu plano.

O seguro de vida protege as famílias de todas as classes sociais, mas especialmente aquelas que não possuem reservas financeiras. É justamente nesses casos que a invalidez ou a falta do provedor da família pode afetar mais significativamente a renda e o padrão de vida dos dependentes. O pagamento da cobertura do seguro de vida também vai contribuir para a continuidade do estudo de jovens e crianças, a quitação do financiamento da casa própria, além da subsistência da família, até que a capacidade financeira se estabeleça com a maioridade e o trabalho dos filhos.

Se o segurado é casado(a) e tem filhos pequenos, contratar o seguro de vida é uma decisão que vai trazer a segurança de contar com esse auxílio no caso de uma fatalidade. Essa é uma atitude de precaução e responsabilidade, tanto no caso de filhos pequenos, como já adultos, que estejam estudando, e também como no caso de cônjuges, pais e irmãos que dependem financeiramente do segurado.

A seguradora deve pagar indenizações ao segurados ou a seus beneficiários, dependendo do valor da cobertura, em até 30 dias, a partir da entrega da documentação necessária, exigida pelo contrato.

O seguro de vida pago por morte não é considerado herança. O segurado pode nomear beneficiários, que receberão os valores da cobertura com isenção do Imposto de Renda. A escolha dos beneficiários é livre, o segurado pode escolher livremente aqueles que deseja nomear para beneficiários, ou apenas uma pessoa beneficiária.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Existem atualmente seguros de vida que aceitam segurados com mais de 60 anos, até 80 anos de idade. No passado, o limite de idade para contratação do seguro era menor. A mudança reflete o aumento da expectativa de vida da população, tanto brasileira quanto mundial. Apesar dos preços serem superiores, já que para essa faixa etária o risco da seguradora é maior, o seguro de vida ainda é uma decisão interessante, pois representa a formação de uma poupança para eventuais emergências. Para pessoas jovens, o limite mínimo de idade na contratação dos seguros de vida é de 14 anos.

Os contratos de seguro de vida são contratos legais e seus termos devem definir claramente as limitações para coberturas. Eventos que não estão incluídos no contrato devem ser especificados por escrito. Esse é um cuidado que todos devem ter ao comprar um seguro de vida, porque em algumas situações o pagamento não é liberado, como é o caso de suicídio, fraude, guerra, conflitos armados e rebeliões civis.

Artigos relacionados:

Compartilhe esse artigo nas redes sociais:
O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *