ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Além da indicação para as gestantes, ultimamente muita gente comenta sobre os benefícios do ácido fólico, para conseguir o rejuvenescimento e até a recuperação da cor e do volume dos cabelos. Veja o que é verdade.

O que é o Ácido Fólico

O ácido fólico, a versão sintética do folato, é parte do complexo B, também chamado de vitamina B9. Ele é um dos elementos mais importantes para o funcionamento adequado de nosso organismo, agindo principalmente no couro cabeludo. Sua deficiência costuma levar à queda de cabelo e em alguns casos à calvície ou alopecia.

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: nutritionnews

O ácido fólico e o cabelo

Por ser importante para as células e tecidos, uma base regular de ácido fólico, em quantidade adequada, pode ajudar no crescimento do cabelo.

O consumo de ácido fólico pode reverter e prevenir a calvície causada por fatores genéticos. Ele reduz a perda dos fios e estimula o crescimento do cabelo. Esse efeito ocorre porque as vitaminas do complexo B agem diretamente no folículo capilar. A vitamina B9 é ainda mais estimuladora do cabelo, sendo responsável pela distribuição dos nutrientes dos alimentos. A ação da vitamina B9 ocorre principalmente na pele, cabelo, pelos e unhas.

As muitas funções do ácido fólico

O ácido fólico promove a absorção dos nutrientes em todo o corpo, conduzindo-os pela corrente sanguínea até os tecidos, de forma a promover a regeneração celular e a restauração dos tecidos.

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: momjunction

Esse é um nutriente que ajuda a todos os tecidos do organismo. As mulheres grávidas precisam de ácido fólico para o adequado desenvolvimento do feto. O ácido fólico previne os defeitos congênitos dos bebês, como anencefalia, problemas neurológicos e espinha bífida, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (Centro de Controle e Prevenção de Doenças).

Ácido fólico previne a anemia e se associa com outras vitaminas, a vitamina C e a B-12, para ajudar a criar, repartir e utilizar as proteínas. Além disso, o ácido fólico participa da formação de glóbulos vermelhos e a produz DNA.

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: livestrong

Alimentos que contém folato

–     Verduras de folhas escuras, como brócolis, espinafre, salsa e couve de Bruxelas

–     Feijões

–     Fígado

–     Nozes

–     Laticínios

–     Cenoura

–     Gema de ovo

–     Abacate

–     Abóbora

–     Melão

Todos estes alimentos contêm ácido fólico de forma natural, o folato. Outros alimentos têm sido fortificados com ácido fólico, biscoitos, pães, massas, arroz, cereais, farinha de trigo e outros derivados de grãos. Quando o consumo pela dieta é insuficiente, um médico pode aconselhar um suplemento.

O processamento e cozimento dos alimentos terminam por reduzir grande parte das quantidades do ácido fólico da nossa dieta. Menos de um terço do conteúdo do nutriente permanece depois do cozimento. O contato prolongado com a luz e o ar também destroem o nutriente. No processo de moagem dos grãos, 90% do teor de ácido fólico é perdido, no processo de cozimento de legumes pelo vapor é perdido 10%, pela fervura se perde 50%.

A deficiência de ácido fólico

Quando não se recebe a quantidade suficiente de ácido fólico na dieta ou no caso de um problema de saúde que impede a absorção de nutrientes, como a diarreia crônica ou outra doença que provoque a má absorção, o organismo desenvolve a deficiência de ácido fólico. Essa condição leva a cabelos grisalhos, úlceras estomacais, úlceras na boca e crescimento lento. O cabelo é afetado com fraco crescimento, queda e embranquecimento.

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: inat

Outros sintomas de deficiência de ácido fólico

A falta desse nutriente é a deficiência vitamínica mais disseminada nos países desenvolvidos. Outros sintomas denunciam sua falta:

– cansaço

– fraqueza

– irritabilidade

– esquecimento

insônia

– cãibras musculares

– confusão

– depressão

– demência

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: brainmdhealth

Suplementos de ácido fólico

A queda acentuada do cabelo é um sintoma que indica a necessidade de recorrer a um médico especialista que diagnostique a causa do problema, que tanto pode ser psicológica, hormonal, genética, por anemia e falta de nutrientes. Nesse caso, é possível repor a deficiência com uma alimentação balanceada, sem bebidas alcoólicas e cigarro. O consumo do ácido fólico por meio de alimentos é o mais recomendado, o que permite uma ação que fortalece os fios do cabelo e garante uma pele saudável.

Quando isso não é possível, existem os complexos vitamínicos ou o ácido fólico pode ser ingerido sozinho. As vitaminas do complexo B podem ser ainda mais eficazes quando combinadas com a ingestão de óleos de peixe ômega-3.

Conheça os benefícios do ácido fólico para rejuvenescimento

Imagem: instadolescente

O ácido fólico vem sendo indicado para promover o nascimento de cabelos na cor original natural e para aumentar o crescimento dos fios. Esse uso deve ser feito preferencialmente com acompanhamento médico, para que não haja ingestão exagerada, que possa causar um efeito inverso ao desejado.

Ácido fólico para idosos

Estudos mostraram que idosos que tomaram suplementos vitamínicos diariamente com 1 mg de ácido fólico, 20 mg de vitamina B6 e 0,5 mg de vitamina B12 apresentaram menor declínio cognitivo devido à redução do encolhimento do volume cerebral. A observação foi durante um período de 2 anos. Esse encolhimento de uma parte do cérebro (substância cinzenta do lobo temporal medial) está associado à doença de Alzheimer.

Distinções entre folato, ácido fólico e metilfolato

Existem algumas diferenças entre a chamada vitamina B9, o folato, o ácido fólico e o metilfolato. O folato é encontrado nos alimentos e é classificada como poliglutamato, porque contém moléculas de ácido glutâmico. As diversas formas de folato precisam ser transformadas em moléculas simples para serem absorvidas. Elas são transformadas em apenas uma molécula de ácido glutâmico ou monoglutamato.

O ácido fólico é a forma sintética do folato e se apresenta na forma de monoglutamato. Ele é absorvido rapidamente e passa a agir mais eficientemente do que o folato. Por ser de maior biodisponibilidade, o ácido fólico é o tipo mais utilizado de folato nos suplementos e alimentos enriquecidos, como achocolatados e cereais matinais. Entretanto, para que as células absorvam esse nutriente, ele precisa ser convertido na substância ativa chamada metilfolato.

Algumas pessoas possuem um fator genético que dificulta essa conversão do folato ou ácido fólico para o metilfolato. Isso ocorre com um quarto da população, o que pode levar à deficiência do nutriente. Por esse motivo, alguns nutricionistas recomendam o uso de suplementos que contenham metilfolato ou folato de metila (metafolina), que é mais biodisponível, para garantir que o nutriente seja absorvido por qualquer pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.