Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Apesar da transpiração nas axilas ser uma reação natural e necessária do organismo, na verdade praticamente todo mundo quer se ver livre do mau cheiro provocado pelo suor e bactérias na pele.

O processo de transpiração é importante para a saúde e é uma resposta ao calor, à prática de atividade física ou ao consumo de alimentos quentes ou muito condimentados. A transpiração se intensifica em várias situações, como estresse, medo ou ansiedade, ou seja, as emoções extremas podem provocar o suor com odor mais forte.

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Imagem: Getty Images

A forma como cada pessoa reage ao odor da própria transpiração pode variar. Há quem se incomode e busque produtos capazes de neutralizá-lo, mas há quem prefira um desodorante antitranspirante poderoso, do tipo que é capaz de manter as axilas secas por grandes períodos de tempo, protegendo contra bactérias o dia todo.

Podemos atualmente encontrar nas farmácias e supermercados uma infinidade de opções: há os desodorantes cosméticos perfumados, os tradicionais que prometem proteção para 24 ou 48 horas e também surgiram os desodorantes veganos, naturais e orgânicos. Além disso, a internet vem divulgando receitas para aqueles que podem ser preparados em casa. Os benefícios e contraindicações oferecidos por esses produtos variam bastante.

O desodorante natural – uma opção que se propõe saudável

O desodorante natural neutraliza o mau odor e também ajuda a reduzir a proliferação das bactérias presentes nas axilas. Entretanto, eles não levam em sua fórmula os ativos que reduzem ou bloqueiam a transpiração. Os desodorantes naturais, tanto os comprados em farmácias como os caseiros, geralmente levam em sua composição ativos como óleos essenciais de alecrim, jasmim, rosa mosqueta, etc. que neutralizam o odor corporal. Além disso, sua formulação pode conter aloe vera em gel, manteiga de karité, óleo de coco ou manteiga vegetal, que hidratam a região das axilas, entre outros produtos.

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Imagem: Getty Images

Esses componentes agem para reduzir a presença das bactérias nas axilas, com a neutralização do odor na região. Suas fragrâncias naturais ajudam a mascarar e encobrir o odor desagradável. Entretanto, eles podem não ser eficazes para todas as pessoas e em todo tipo de situação.

Desodorante antitranspirante – como funciona?

Algumas pessoas não suportam ter a roupa molhada de suor embaixo do braço. Para combater o suor e evitar esse desconforto existem os desodorantes antitranspirantes. Eles contêm agentes antissépticos, que são eficientes na ação antimicrobiana e no controle das bactérias responsáveis pelo mau odor, e além disso, reduzem o suor excessivo. Isso acontece porque os desodorantes antitranspirantes levam em sua fórmula sais de alumínio, os quais, quando em contato com a pele, se transformam em um gel, passando a formar uma película protetora na superfície, o que diminui a liberação do suor ao longo do dia. Esse efeito é o que atrai o consumidor que busca proteção e autoconfiança no dia a dia.

Os cristais de alumínio são conhecidos há muito tempo. Há registros de que traços de cristais de alumínio foram encontrados em algumas das tumbas dos faraós no Egito. Em 1888, os desodorantes antitranspirantes começaram a ser produzidos comercialmente e seu uso se difundiu em todo o mundo desde então.

Será que o desodorante natural é eficaz?

Há muita curiosidade para saber se os desodorantes naturais feitos em casa oferecem a mesma proteção do desodorante tradicional. Além da busca por um produto que tenha o mínimo de substâncias químicas ou não as tenha, existe a vantagem do preço, porque seu custo é muito reduzido.

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Imagem: Getty Images

Desodorante natural vem na onda do estilo natural e vegan

Estilos de vida mais saudáveis estão sendo adotados de maneira crescente. Desde a nutrição e culinária até hábitos de consumo, tendo como motivo a busca de menor impacto sobre o meio ambiente. Nessa tendência adquire muita importância a reciclagem, a redução do desperdício e a reutilização. A troca de produtos industrializados por similares naturais vêm crescendo em todo o mundo.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

Cosméticos veganos e maquiagens orgânicas também estão em alta, com uma preocupação cada vez maior com os efeitos nocivos de substâncias químicas que os produtos industrializados possam conter. Um dos itens que vêm se destacam são os desodorantes feitos em casa, feitos principalmente à base de bicarbonato de sódio e óleo de coco.

Ainda não existem avaliações conclusivas sobre a eficácia do desodorante natural, se pode ser indicado para todos, se o fato de levar apenas ingredientes naturais na fórmula garante que não provocará alergias. Alguns especialistas analisaram os componentes que entram na fabricação do produto, para conhecer melhor seus efeitos sobre a pele.

Principais ingredientes do desodorante natural

As opções existentes incluem o óleo de coco, com propriedades hidratantes e bactericidas; a manteiga de karité, potente regenerador celular; o bicarbonato de sódio, que absorve a umidade e inibe o crescimento de fungos e o leite de magnésia, neutralizador de acidez, que é alternativa para quem tem alergia ao bicarbonato de sódio. Óleos essenciais e perfumes também são adicionados, para conferir aroma ao produto.

Vantagens

Os desodorantes naturais caseiros são alternativas para quem quer evitar componentes químicos. Sua preparação permite a criação de produtos personalizados, que podem ser mais ou menos hidratantes, perfumados, líquidos ou cremosos, de acordo com o gosto individual de quem prepara. Eles reduzem o risco de alergias.

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Imagem: Getty Images

No entanto, o risco de uma reação alérgica existe, ainda que possa facilmente ser controlada, pela descontinuação do produto. As soluções caseiras são, em geral, substâncias que alteram o pH da região axilar e assim reduzem a presença bacteriana que está relacionada ao mau cheiro. Alguns dermatologistas têm alertado para o fato de que pacientes alérgicos devem ter cuidado redobrado e fazer um teste em áreas pequenas antes de iniciar o uso.

Cuidados que precisam ser tomados

É preciso cuidado na escolha dos ingredientes na hora de preparar o desodorante. Na internet existem sites que sugerem o uso de limão nas axilas como desodorante e clareador, o que, em contato com a luz solar pode causar manchas, alergia e queimaduras. Um outro componente que é sugerido é o bicarbonato de sódio. Segundo dermatologistas, trata-se de um dos ingredientes que mais irritam peles sensíveis. São diversas as formulações que podem não funcionar para todas as pessoas. Os óleos essenciais adicionados nem sempre são puros e misturados a fragrâncias de má qualidade podem provocar dermatite de irritação.

Em termos de eficácia e duração, as substâncias naturais ficam em desvantagens em comparação com o produto industrializado. Elas não diminuem a transpiração, o que para alguns é um problema. Seu efeito reduzido deve-se ao fato de não trazem em sua composição ingredientes antitranspirante (como sais de alumínio). Para quem tem sudorese acentuada e precisa garantir a proteção ao longo do dia, o desodorante natural pode não ser suficiente.

Desodorante natural, uma opção mais saudável?

Imagem: Getty Images

Leite de Magnésia: desodorante natural eficiente

O leite de magnésia e bastante conhecido há várias gerações. À base de hidróxido de magnésio, é um produto muito barato e versátil, sendo indicado como antiácido e laxante e para alívio da azia, má digestão e prisão de ventre. O que muita gente ainda não sabe é que é também um desodorante natural eficiente.

O leite de magnésia é basicamente uma substância alcalina, que neutraliza a acidez, tanto no estômago quanto na pele. Por ser adstringente, o leite de magnésia é muito empregado como redutor da oleosidade da pele, além de amenizar a acne.

O leite de magnésia é utilizado na fabricação do primer, a pré-maquiagem que auxilia na fixação de bases e pós compactos.

O leite de magnésia vem sendo atualmente indicado como substituto para desodorantes industrializados, porque é capaz de neutralizar os ácidos carboxílicos que compõem o suor, que são responsáveis pelos odores da transpiração das axilas e pés. O uso do leite de magnésia é simples e barato.

Dica para usar o leite de magnésia como desodorante:

– Coloque um pouco do leite de magnésia em um algodão e passe nas axilas.

– Para maior praticidade, coloque aproximadamente 50 ml de leite de magnésia num frasco spray ou em uma embalagem roll-on de desodorante tradicional vazia, retirando a bolinha e retornando-a depois de carregar o frasco.

– Se quiser aromatizar o desodorante coloque um pouco do seu perfume favorito ou cinco gotas de óleo essencial de lavanda ou jasmim.

– Caso deseje que seja também hidratante, acrescente uma ou duas colheres de sopa de óleo de coco, de semente de uva ou de calêndula.

Regina Di Ciommo

Mestre e Doutora em Sociologia pela UNESP, pesquisadora na área de Ecologia Humana e Antropologia, Desenvolvimento e Sustentabilidade Ambiental, foi professora em cursos superiores de Sociologia e Direito, nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.