Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

A falta de planos de saúde individuais

Ter um plano de saúde é essencial para quem busca cuidados básicos e complexos com a saúde a qualquer momento. Uma forma de ter acesso a elas é por meio dos planos coorporativos que as empresas oferecem a seus funcionários, porém essa não é uma realidade de todos e alguns precisam contar com os planos de saúde individuais.

A falta de planos de saúde individuais

Imagem: Getty

O grande problema tem sido que esses estão cada vez mais escassos e assim ficam difícil de serem encontrados e contratados, deixando parte da população sem opção. Com o aumento do desemprego essa passou a ser uma preocupação anda maior, isso porque as pessoas não estão conseguindo encontrar planos para continuarem a cuidar de sua saúde.

Segundo um levantamento feito pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) apenas metade dos planos listados no site da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) são realmente comercializados. Entanto todos eles deveriam estar à disposição da população não é bem isso o que tem acontecido.

Foram analisados 169 planos das 10 maiores operadoras de plano de saúde de cada estado e 35% dos planos não eram possíveis de serem contratados, 11% tinham informações confusas o que também impedia a contratação e 4% possuíam uma área de cobertura diferente. Além dessas dificuldades o alto custo, média de R$ 494,55, inviabiliza ainda mais esse processo.

Já um outro levantamento, nesse caso da Proteste, avaliou 123 planos individual/familiar, sendo que apenas 23% tinham abrangência nacional e só 11% estavam dentro de um conceito considerado o mínimo aceitável.

Por isso muitas pessoas não conseguem aderir ou até mesmo trocar de plano, sendo obrigadas a ficar com as poucas opções existentes e com custos extremamente altos.

As alternativas

Uma alternativa para quem não quer abrir mão dos planos de saúde, mas não tem encontrado outra alternativa é optar pelos planos coletivos que são vinculados e entidades ou sindicatos. Dessa forma os profissionais autônomos ou que trabalham de forma individual estão conseguindo achar uma alternativa.

Já quem possui uma pequena empresa pode optar pelos planos para PME, porém eles não costumam ser tão vantajosos financeiramente como os planos coletivos por conta do número de pessoas inclusas.

O que as operadoras dizem

A grande maioria das operadoras só oferece os planos empresariais ou coorporativos, isso porque elas dizem se tratar de uma estratégia de negócios. Muitas inclusive deixaram de comercializar os planos individuais a algum tempo e não tem intensão de retornar com ele.

O por que isso acontece?

Para as operadoras é claro que os planos individuais não são muito vantajosos e não dão muitos lucros, isso porque a maioria das pessoas só acaba procurando esse tipo de s serviço quando tem um problema de saúde. Nesse caso o custo do paciente acaba sendo bastante elevado e não compensa.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

Outro fato é que o reajuste dos planos coletivos pode ser negociado diretos com as empresas e associações não tendo um limite máximo estabelecido pela ANS e assim permite uma melhor adequação de custos.

Enquanto as empresas continuarem com esse pensamento a população precisará contar com a sorte para conseguir acesso a um serviço de saúde de qualidade.

Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. É apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.