Bom dia, geralmente a grande maioria dos médicos cobram novamente o retorno (apresentação de resultados de exames) como nova consulta. É uma prática errada, porém, o maior problema é que os médicos não tem agenda no prazo dentro de 1 mês.
A saúde Itaú não deveria mandar comunicado para todos os médicos credenciados que nestes casos, independente do prazo não pode ser cobrado como nova consulta? Obrigada.