ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Jovens estão deixando o plano de saúde

O percentual de pessoas com menos de 39 que deixaram o plano de saúde é de 2,69%. Entenda como isso influencia no serviço oferecido e o que tem ocasionado essa mudança.

Quando o assunto é saúde no Brasil sempre existem grandes críticas ao sistema público e a rede particular é vista como uma grande alternativa, principalmente com o plano de saúde.

Com o desemprego e dificuldade para pagar um serviço de assistência médica particular, o cenário dos que possuem esse serviço tem mudado bastante.

Um levantamento realizado pela Ticket verificou como as pessoas fazem a adesão a esse serviço. Na pesquisa com mais de 1,7 mil pessoas descobriu-se que 63% dos colaboradores das empresas possuem a opção de plano de saúde, 30% não tem nenhum tipo de cobertura médica e 7% contam com plano particular.

Dessa forma é possível perceber que a maior parte das pessoas utiliza o plano de saúde corporativo oferecido pela empresa.

Em outro levantamento, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) identificou que de 2014 para 2015 as operadoras de saúde perderam 5,4% dos clientes o que equivale a mais de 2 milhões de pessoas.

O que chama a atenção é que a maior parte dos que deixaram o plano de saúde são pessoas com menos de 39 anos e o percentual desse grupo passou de 63,54% para 60,85%

Por outro lado, o número de pessoas com mais de 40 anos teve um crescimento saltando de 36,46% para 39,15% do total de clientes das operadoras.

Se for observado um grupo ainda mais específico, o das pessoas com mais de 80 anos, esse teve um aumento representativo nos planos de saúde. Nos últimos 10 anos houve um crescimento de 62% de pessoas nessa faixa etária.

O que observamos é que não apenas a população está envelhecendo como ela também está aumentando nos planos de saúde e isso pode trazer sérios impactos, principalmente financeiros.

Jovens estão deixando o plano de saúde

Os motivos para o cancelamento do plano de saúde

Os motivos que levam as pessoas a cancelaram o plano de saúde na grande maioria das vezes são financeiros.

O desemprego fez com que muitas pessoas deixassem de ter o plano oferecido pela empresa e ao serem demitidos perderam esse benefício.

Os autos custos para manter o serviço também tem levado ao cancelamento, principalmente quando a pessoa se acha jovem e saudável e não vê o plano de saúde como algo essencial.

Algumas pessoas optaram por não cancelar o plano, mas, buscar uma alternativa mais acessível com o plano ambulatorial. Nesse caso deixa-se de ter todos os procedimentos cobertos, as internações não estão inclusas, apenas consultas e exames.

Quem optou por não ter nenhum serviço de assistência médica que envolva mensalidade, tem encontrada nas clínicas populares uma solução.

Elas oferecem consultas, exames e pequenos procedimentos a um preço mais acessível e se paga apenas o que usa.

Por conta desse tipo de atendimento elas têm crescido por todo o país e conquistando públicos diferentes. Se antes o foco eram as classes C, D e E, hoje já se vê uma mudança de cenário com a inclusão na classe B utilizando as clínicas populares.

O impacto de haver pessoas com mais idade nos planos de saúde

O grande problema dos usuários dos planos de saúde estarem envelhecendo e jovens deixando de contratar o serviço é o possível aumento de custos que isso causa.

Uma pessoa com mais de 80 anos gera uma despesa média de R$ 19 mil para uma operadora de plano de saúde, já uma com menos de 18 custa cerca de R$ 1.500,00.

Para se ter uma ideia 20% dos usuários são responsáveis por 80% dos gatos das operadoras de saúde.

O que vemos nesse cenário é que poucos acabam gerando despesas e todos os demais tem esse custo repartido.

Mesmo havendo diferença de valor da mensalidade de acordo com a faixa etária, esse ainda não chega a cobrir todas as despesas.

A tendência é que no futuro, se o cenário não mudar, as operadoras precisem cobrar um valor muito mais alto para todos para manter o serviço. Isso pode impactar na perda de mais usuários devido aos altos custos do plano de saúde.

Categorias: Artigos

Leia mais artigos sobre:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.