Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Método sintotermal para engravidar: como funciona?

Cada dia que passa surgem mais formas de contracepção com métodos naturais, não é mesmo? Por este motivo, vamos falar um pouco sobre uma nova forma que foi encontrada por pesquisadores, conhecida como método sintotermal, que faz com que a mulher conheça ainda mais o seu corpo.

Método sintotermal para engravidar: como funciona?

Imagem: Getty

Saiba mais detalhes sobre o método sintotermal

Segundo um estudo publicado na revista Human Reproduction, o método sintotermal pode ser tão eficaz quanto a pílula anticoncepcional, pois estamos falando de uma forma de planejamento familiar natural que faz com que os casais identifiquem com mais precisão a fase fértil da mulher. Isso acontece através da medição da sua temperatura e observar as secreções cervicais.

Durante o estudo, foram vistos de perto dois grupos de casais, um dos quais não teve relação sexual durante o período fértil e outro que usou algum outro método de barreira nessa fase. Após este processo, os dados mostraram que os casais do primeiro grupo tiveram uma taxa de 0,4% de gravidez não estava dentro dos planos, contra 0,6% do segundo grupo.

Se a mulher optar por usar o método sintotermal, é necessário aprender os sinais naturais de fertilidade do seu corpo e também saber sua temperatura todas as manhãs. As leituras diárias são feitas com a ajuda de um termômetro basal, que é capaz de determinar a temperatura corporal com precisão de poucos centésimos de grau.

Um detalhe que não pode ser deixado de lado, é a precisão da temperatura, já que é através dela que a mulher descobre o fim do período fértil. É importante fazer um gráfico para registrar as medições e anotar outros sinais que indicam ovulação próxima.

Dentre eles estão inconsistência do muco cervical, posição do colo do útero, ciclo de cólicas e alterações de humor. Hoje em dia, temos disponíveis vários aplicativos para smartphones, por exemplo, que pode ajudar nesse processo e registros.

O indicado é que antes de usar esse método sintotermal, a mulher faça um monitoramento de seu ciclo menstrual por alguns meses. Para ter uma ideia, em um ciclo de 28 dias, é provável que a mulher ovule cerca de 14 dias, após o início da menstruação, ou seja, ela é capaz de engravidar entre os dias oito e 20 do seu ciclo, se considerarmos o tempo de vida dos espermatozoides dentro do corpo da mulher.

Como todas as mulheres não são iguais e não existe uma regra, é importante entender o funcionamento do seu corpo, antes de começar a aplicar o método sintotermal.

O legal desse método é que pode também ser utilizada pelos casais que querem descobrir os melhores dias para ter relações sexuais, claro, se eles desejam uma gravidez.

Conheça vantagens e desvantagens do método sintotermal

Se você seguir todas as dicas e passos, o método sintotermal é bem confiável. Além disso, é também considerada uma técnica de controle de natalidade, dispensando a utilização de contraceptivos e hormônios e que, muitas vezes, causam efeitos colaterais bem indesejáveis na saúde da mulher. Outro ponto positivo é que ele ainda é muito mais barato do que a pílula ou injeções de farmácias.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

Já quando falamos em desvantagens, podemos pensar naqueles casais que não são diligentes com os passos que precisam ser dados para que o método sintotermal funcione perfeitamente, principalmente, no momento de medir a temperatura do corpo. Para se ter uma ideia, só a falta de sono pode fazer a temperatura da mulher variar bastante. Então, é necessário tomar bastante cuidado de optar por este método e não querer engravidar.

Uma coisa bem importante também é que antes de parar o método que utiliza como contraceptivo, é necessário conversar com o seu médico, pois os ovários são capazes de expulsar um óvulo em intervalo irregular e sem qualquer aviso sintomático.

Claro que devemos ressaltar que o método sintotermal não vai te proteger de doenças sexualmente transmissíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.