Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de saúde cobre parto cesárea?

Entenda se o plano de saúde cobre parto cesárea e fique atenta aos seus direitos na contratação do convênio médico para gestante.

Ao contratar um plano de saúde, o que mais esperamos é poder sempre utilizar ele nos momentos de mais necessidade, e isso inclui os partos, sejam eles normal ou de cesárea.

Mas a grande questão que muitos se perguntam é: o plano de saúde cobre parto cesárea? Antes de responder essa pergunta, saiba mais sobre esse tipo de parto.

Plano de saúde cobre parto cesárea?

Foto: Pixabay

Sobre a cesárea

Diferentemente do parto normal, o parto cesárea requer uma intervenção cirúrgica por parte do médico.

Ele pode ser escolhido pela mãe do bebê ou indicado pelo médico responsável caso exista riscos na realização de um parto normal.

A cesariana será indicada em casos de riscos que coloquem a vida da mãe ou do bebê em risco. Além de outras situações como herpes genital ativa, placenta prévia, posição fetal não usual ou outras.

Ela pode inclusive ocorrer com agendamento, se o médico já tiver informado a grávida previamente do risco ou ela tiver optado por esse parto, ou então sem agendamento caso algo ocorra durante o parto normal.

Esse tipo de parto é rápido e dura mais ou menos cerca de 60 minutos, a mãe fica acordada durante o processo com uma anestesia da cintura para baixo.

O plano de saúde cobre parto cesárea?

Agora a resposta que todos estavam esperando, se o plano de saúde cobre ou não o parto de tipo cesárea.

E sim, os planos de saúde cobrem todo o atendimento e o parto durante a gestação toda. Mas para isso, o seu plano deve ser condizente com esse tipo de condição.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

O parto cesárea, assim como o parto normal está previsto no Rol de procedimentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), portanto é coberto pelos planos de saúde que possuem essa condição.

Inclusive, o recém-nascido também tem cobertura obstétrica durante os trinta primeiros dias de vida, seja ele inscrito no plano de saúde ou não.

Ele pode ser inscrito no plano de saúde e aproveitar o período de carência do titular, desde que não ultrapasse 180 dias.

Mas para que isso ocorra, a inscrição no plano de saúde precisa ser feita durante os 30 dias do nascimento ou mesmo adoção.

Carência de partos no plano de saúde

Após fazer a contratação de um plano de saúde existe um período de carência que foi é pré-estipulado pela ANS. Ele varia de acordo com o tipo de procedimento, mas no caso de partos o período é de 300 dias.

Porém, complicações na gestação e partos prematuros não entram nesse tipo de carência, isso porque são casos de emergência e que apresentam risco à vida.

Neste caso, o atendimento pode ser feito em até 24 horas da contratação do plano de saúde.

Quais as vantagens de fazer cesárea?

Depois de saber se o plano de saúde cobre parto cesárea, é importante entender um pouco mais sobre esse tipo de parto.

A cesárea é indicada para situações de risco, mas ela também apresenta os seus próprios riscos ao ser feita, levando muitas mulheres a acreditarem não ser uma opção.

Esse tipo de parto traz a possibilidade de escolher a data de nascimento do bebê, e auxilia a reduzir o estresse materno durante o parto.

Além disso, possui um prazo curto e previsível o que auxilia a garantir ainda mais tranquilidade aos pais.

A cesárea também garante que o obstetra escolhido para o parto estará disponível no dia e horário agendado, o que pode não ocorrer no momento do parto normal.

Outro ponto positivo desse tipo de parto é que ele impede que ocorram nascimentos pós-termo, ou seja, que o bebê nasça com mais de 42 semanas de gestação, fator esse que também traz riscos futuros.

Reduzindo também a probabilidade de prolapso uterino ou de bexiga, além de incontinência urinária na mãe.

Agora que você sabe que partos de qualquer tipo, incluindo os de cesárea, são cobertos pelos planos de saúde, pode começar a fazer a cotação e pesquisas das melhores coberturas disponíveis.

Antes de decidir qual o tipo de parto que será feito, pesquise sobre o risco de ambos e qual é melhor para a sua situação e momento atual.

Portanto, depois de decidir e marcar a sua cesárea, você estará pronta para trazer o seu filho ao mundo com o parto desejado.

E aí, já decidiu qual o plano de saúde mais indicado para as suas necessidades?

Jeniffer Elaina da Silva

Redatora especialista em saúde e planos de saúde. Jeniffer já escreveu mais de mil artigos sobre saúde para o Planodesaude.net e publicou o ebook Cuide de Sua Saúde. Atualmente, cursa Gestão de Seguros e é formada em Marketing com pós em Administração na FGV. Possui também um curso técnico em Direito do Seguro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.