Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de Saúde e Covid-19: O meu plano cobre?

Diante a pandemia do novo coronavírus, muitas dúvidas surgem quanto à cobertura e obrigações das operadoras de plano de saúde. Confira aqui a resposta para as suas principais dúvidas sobre Plano de Saúde e Covid-19!

O exame para diagnosticar a Covid-19 é coberto pelos planos de saúde? E os gastos provenientes da doença?

Quando confirmados os primeiros casos, apenas o SUS tinha os testes para diagnóstico do vírus. Mas, com o número de casos suspeitos se multiplicando rapidamente, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluiu o exame nos procedimentos obrigatórios dos planos de saúde, com o principal objetivo de não sobrecarregar o Sistema Único de Saúde.

O teste somente será coberto pelo plano de saúde se houver indicação médica, segundo os protocolos de cada operadora. Como ainda estamos construindo pouco a pouco o conhecimento sobre a infecção pelo coronavírus, as diretrizes dos planos de saúde podem ser modificadas a qualquer momento. Portanto, pode alterar a obrigatoriedade do pagamento do teste de diagnóstico aos segurados.

Plano de Saúde e Covid-19: O meu plano cobre?

Image by mohamed Hassan from Pixabay

Quais são os sintomas da infecção por Covid-19?

Os sintomas da Covid-19 incluem febre, tosse seca e cansaço. Algumas pessoas relataram sintomas como náusea, diarreia e vômitos, mas o vírus é basicamente respiratório. A manifestação dos sintomas é leve e começa de forma gradual.

A maior parte dos infectados apresenta a doença de forma leve, se recuperando sem precisar de tratamento específico. Uma em cada seis pessoas têm a probabilidade de desenvolver a forma mais grave da doença.

O grupo de risco inclui pessoas idosas, ou pessoas que apresentam outras doenças como problemas cardíacos, diabetes, pressão alta e pessoas passando por tratamento de câncer.

Quais pacientes se enquadram como casos suspeitos?

Existem dois grupos de casos suspeitos, conforme o Ministério da Saúde: o primeiro são pessoas que viajaram para locais com transmissão nos últimos 14 dias; o segundo enquadram-se pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados da doença no período de 14 dias.

As pessoas que se enquadram nestas definições devem proceder com a quarentena, e procurar o plano de saúde ou unidades básicas caso apresentem sintomas.

Estou apresentando sintomas suspeitos. Como proceder?

A ANS orienta que o segurado do plano de saúde consulte sua operadora antes de se dirigir a qualquer unidade de saúde. Assim, informando os sintomas, bem como informar se teve contato ou não com pessoas infectadas ou se viajou internacionalmente em período recente.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

A operadora irá indicar se há necessidade de procurar ou não uma unidade de saúde para realizar o teste de diagnóstico do coronavírus, tudo dentro da cobertura do plano de saúde. Caso apresente dificuldade respiratória, mesmo sem estar acompanhado de outros sintomas, procure imediatamente a operadora e vá para o serviço de emergência que for indicado.

A operadora de plano de saúde também deverá informar sobre qual hospital a pessoa irá realizar o teste. Além disso, ela informará qual está mais apto para realizar o exame e internações, caso necessário.

Cada operadora de planos de saúde tem a sua própria organização para melhor atender a seus segurados.

Imagem: Ministério da Saúde

Meu resultado deu positivo para Covid-19. Meu plano de saúde irá cobrir o tratamento?

Não existe tratamento específico para a Covid-19. Como a maior parte dos pacientes infectados apresenta a forma leve da doença, a indicação é quarentena, repouso e ingestão de líquidos para se manter hidratado. Podem receber também a indicação de medicamentos como analgésicos e antitérmicos para suavizar os sintomas.

Os casos mais graves que necessitem internação serão cobertos pela seguradora se estiver incluso no plano de saúde do segurado. Os planos com segmentação ambulatorial, por exemplo, não têm cobertura para internações, somente a segmentação hospitalar.

Confira aqui a situação de emergência com a epidemia do Coronavírus!

Planos de saúde na busca para um atendimento mais ágil

Com a entrada do teste de diagnóstico no rol de procedimentos obrigatórios, os planos de saúde estão fazendo o máximo que podem para ajudar a tratar e frear a contaminação com o coronavírus. A Abramge (Associação Brasileira dos Planos de Saúde) tem solicitado ao Ministério da Saúde que os prazos de atendimento e que cobranças às empresas que fornecem o plano de saúde aos colaboradores sejam suspensas no período do surto no país.

A Associação alega que flexibilizar as regras ajuda o sistema privado a fornecer uma rápida resposta e atendimento na saúde da população durante a pandemia do Covid-19. Outros pedidos realizados foi a liberação das alfândegas na importação de equipamentos e materiais hospitalares, e a suspensão das cobranças da ANS para as seguradoras.

E as consultas e cirurgias não-relacionadas ao Covid-19? Como fica neste período?

As operadoras de planos de saúde foram orientadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar a adiarem as cirurgias, exames ou consultas que não sejam urgência ou emergência. Esta orientação tem como objetivo liberar leitos para ajudar no combate ao coronavírus. Além disso, visa evitar que pessoas saudáveis estejam no mesmo lugar qu  e pessoas possivelmente infectadas.

As consultas que não forem motivos de urgência também devem ser evitadas, muitos profissionais estão utilizando de meios digitais para atender a seus pacientes. Mas, se o caso for urgente, os procedimentos e consultas serão realizados normalmente.

Algumas das principais dúvidas sobre o coronavírus

1. Como a Covid-19 é transmitida?

A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, através de gotículas expelidas pelas narinas ou boca quando a pessoa infectada tosse ou espirra. Pode ocorrer também pelas partículas virais nas mãos da pessoa infectada quando compartilha um objeto ou aperta as mãos de outra pessoa.

2. Devo usar máscara para me proteger?

A orientação no momento é a utilização somente as pessoas que estão com sintomas ou para quem está em contato direto com pessoas com suspeita. Assim sendo, os indivíduos com sistema imunológico comprometido, por conta de algum tratamento ou doença, devem usar máscara somente com orientação médica.

Imagem: Ministério da Saúde

Andréia Silveira

Andreia Silveira é redatora desde 2011 e especialista em planos de saúde. Também é editora do site PlanodeSaude.net e possui guest posts publicados em sites renomados, na área de saúde e saúde bucal. Trabalha na área de criação de infográficos com dicas para saúde e plano odontológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.