Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de saúde empresarial: entenda tudo!

Uma das melhores maneiras de manter os colaboradores de uma empresa motivados é oferecer benefícios a eles e, entre os benefícios disponíveis na atualidade, o plano de saúde empresarial certamente é o mais interessante. Além de promover mais motivação e dedicação, oferecer esse plano aumenta o interesse dos funcionários em permanecer na empresa.

Por isso, se você tem ou gerencia uma empresa e está pensando em promover um plano de saúde empresarial para seus colaboradores, saiba que esta pode ser uma excelente decisão. Neste post, falaremos mais sobre o assunto, explicando sua importância e como funciona esse tipo de prestação de serviço. Acompanhe!

Por que os planos de saúde empresariais são necessários?

Como mencionado anteriormente, oferecer um plano de saúde para seus funcionários faz com que eles se sintam mais motivados a exercer suas funções e a permanecer no emprego. Consequentemente, o desempenho deles melhora, afetando diretamente o sucesso da empresa.

Isso acontece, pois a cada ano que passa o sistema público de saúde fica mais defasado e, infelizmente, a realidade da maioria dos brasileiros não permite a contratação de um plano de saúde particular. Por isso, as vagas de emprego em organizações que oferecem esse tipo de benefício são cada vez mais interessantes.

Além disso, na grande maioria dos casos o clima da organização melhora e as ações preventivas de saúde evitam maiores prejuízos com faltas e licenças médicas. É claro que um plano de saúde representa um investimento, muitas vezes considerado alto pela organização.

No entanto, suas consequências são muito positivas dentro da política de valorização do pessoal, num claro sinal de respeito aos funcionários e colaboradores. Vale ressaltar que os retornos positivos desse investimento podem ser bem maiores do que o imaginado!

Quais vantagens um plano de saúde empresarial traz?

A contratação de um plano de saúde empresarial pode ser muito vantajosa para as duas partes: empresa e colaboradores. Ela promove mais qualidade de vida aos funcionários e consequentemente maior dedicação deles à empresa.

Muitas empresas, além de oferecerem o plano de saúde empresarial pelo período do contrato, ainda estendem seu benefício por mais alguns meses, no caso de realizarem demissões para reduzir o pessoal. Nesses casos, o plano de saúde é eficaz para diminuir o atrito nas relações trabalhistas, evitando processos de indenização que poderiam resultar em prejuízos ainda maiores.

Já no caso das pequenas empresas, o plano de saúde age como preventivo ao risco de situações em que um funcionário indispensável possa ser vítima de um problema de saúde ou um acidente, que o afaste das funções. Afinal, nessas organizações as relações são bastante pessoais e cada colaborador é essencial para o desenvolvimento das atividades.

Os exames regulares e preventivos, que estão disponíveis em um convênio médico são o melhor remédio para o cuidado com a saúde, beneficiando o funcionário e a empresa na redução dos afastamentos por doença.

Como funciona a contratação do plano de saúde empresarial?

Apesar de não ser obrigatório, o plano de saúde já faz parte do protocolo de algumas categorias trabalhistas que conquistaram esse direito por meio de acordos coletivos. Nesses casos, a empresa deve observar o que foi acordado para cumprir com suas obrigações.

Em outros setores, a empresa decide as condições do plano, escolhendo a operadora e definindo quanto será o valor do subsídio. Ou seja, se irá cobrir 30%, 70% ou 100% dos custos de exames e consultas. Além disso, a organização também pode definir se permitirá a inclusão de dependentes, cônjuges e filhos.

Mas independentemente do caso, as empresas devem seguir as recomendações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) — instituição responsável por regulamentar toda a área de planos de saúde no país. Na adoção de um seguro de saúde é importante que as condições fiquem bem claras para evitar futuros conflitos.

Além disso, a adesão ao plano deve ser por escrito e voluntária. Ou seja, o funcionário deve manifestar sua vontade, aceitando o plano. Quando o subsídio não é de 100%, a parte do empregado será descontada na folha de pagamento e ele deve concordar expressamente com isso, autorizando o desconto.

Os tipos de cobertura podem ser diferenciados, destinando-se, por exemplo, planos mais caros e sofisticados aos funcionários mais qualificados e com mais tempo na empresa.

A diferença, no entanto, não deve ser quanto ao atendimento médico e exames clínicos, mas em relação às acomodações (apartamento ou enfermaria) em caso de internação hospitalar, para não ocorrer nenhuma discriminação.

É possivel cancelar o plano de saúde após a adesão do funcionário?

Não! A política de oferecimento do plano de saúde empresarial deve ser sustentável, ou seja, não pode deixar de existir eventualmente. Por isso, é importante que a empresa avalie com atenção sua capacidade de manter o convênio, pois uma vez que ele é realizado passa a fazer parte dos benefícios dos funcionários.

Para deixar de manter o plano de saúde empresarial, o empregador precisa se justificar muito bem tecnicamente ou precisará enfrentar conflitos trabalhistas.

Quais são os tipos de planos de saúde empresarial que existem?

Nem todo mundo sabe, mas o plano de saúde empresarial pode ser dividido em duas categorias, o coletivo empresarial e o coletivo por adesão. A seguir falaremos um pouco mais sobre o funcionamento de cada uma delas:

– Plano de saúde coletivo empresarial

Esse é o tipo de plano de saúde mais comum entre as empresas, com ele a assistência médica é garantida aos funcionários por meio do vínculo empregatício deles com a instituição. Nesses casos, o plano pode ser usufruído por colaboradores privados ou servidores públicos, estejam eles em atividade, aposentados ou demitidos. Além disso, sócios, administradores, estagiários também podem ter acesso a esse benefício.

Nesta categoria de plano de saúde empresarial também é possível que os beneficiários incluam dependentes em suas coberturas. Vale ressaltar que essa inclusão só pode ser feita caso se enquadre na regra de parentesco exigida, ou seja, é preciso que eles tenham ligação consanguínea de até 2º grau ou por afinidade como no caso de cônjuges e companheiros.

– Plano de saúde coletivo por adesão

Os planos de saúde coletivos por adesão são contratados por pessoas jurídicas ou instituições de caráter setorial, profissional ou classista como sindicatos, conselhos e associações profissionais.

Para que o beneficiário tenha acesso à assistência médica por meio dessa modalidade de plano de saúde é preciso que ele comprove seu vínculo com a instituição ou comprove sua atuação na categoria representada.

Se deseja entender mais sobre o assunto, aproveite para conferir nosso conteúdo sobre as vantagens e desvantagens do plano coletivo por adesão!

Por que o plano de saúde empresarial é mais barato?

Ao compararmos um plano de saúde de pessoa física e um plano empresarial, é possível perceber que a segunda opção possui um valor bem mais em conta. Mas afinal, por que isso acontece? É simples! As empresas costumam adquirir essa assistência médica em um grande volume, e por isso, as operadoras oferecem grandes descontos, deixando os valores muito mais acessíveis.

Quem paga o plano de saúde empresarial?

Geralmente, o plano de saúde empresarial é pago por ambas as partes: a empresa paga uma porcentagem e o colaborador, o restante. As margens são definidas pela organização e podem variar de acordo com o porte da mesma e o número de colaboradores.

Em alguns casos, as empresas assumem 100% do valor do plano, mas no geral, essa margem fica entre 30% e 70%, ficando a parte restante por conta do colaborador.

Na modalidade por adesão, quem paga o plano de saúde empresarial são os beneficiários. No entanto, os colaboradores têm acesso a um valor bem mais em conta devido ao grande volume de contratações.

O plano de saúde empresarial tem carência?

A carência é um período de espera que deve ser cumprido pelo contratante do plano de saúde para a utilização de determinados procedimentos. Ela é definida pela ANS e deve ser respeitada por todos os planos de saúde operantes no país. No geral, ela funciona da seguinte maneira:

  • 24 horas para atendimentos de urgência e emergência;
  • 180 dias (6 meses) para todas as demais situações, como consultas, cirurgias, tratamentos e exames mais complexos;
  • 300 dias (10 meses) para partos, exceto nos casos de complicações gestacionais;
  • 720 dias (24 meses) para o tratamento de doenças e lesões preexistentes.

Logo, o plano de saúde empresarial tem carência sim, mas sua aplicação pode ser diferenciada nos casos de empresas que possuem mais de 30 vidas. Para isso, basta que a organização em questão negocie com a operadora a ser contratada.

Nestas situações, todos os beneficiários que aderirem ao plano de saúde dentro do prazo de 30 dias após a contratação do plano pela empresa podem ser isentos do cumprimento da carência.

É importante dizer que essa possibilidade de não cumprimento da carência também se estende aos dependentes dos beneficiários, desde que eles também sejam incluídos no plano dentro do período de 30 dias.

Entenda mais sobre o assunto conferindo nosso texto sobre os tipos de carência dos planos de saúde. Acesse!

Como contratar um bom plano de saúde empresarial?

É muito difícil chegar em uma operadora de saúde e ela oferecer um plano de saúde empresarial pronto e que atenda às suas necessidades. Provavelmente, você irá conhecer as opções oferecidas por cada uma delas e ver qual melhor se encaixa às demandas da sua empresa e colaboradores.

Sem contar que você poderá solicitar coberturas que não constam no plano ou excluir as que você julgar não serem necessárias. Dessa forma, pagará apenas pelo que, provavelmente, usará. Ah, e vale lembrar que é muito importante incluir coberturas que sejam necessárias para os seus funcionários.

Depois de saber quais são as coberturas ideais, você deve fazer cotações em diferentes operadoras para optar pela que ofereça o melhor plano e preço. Para não errar na escolha, verifique se a que escolheu possui registro e se tem poucas reclamações no site do Reclame Aqui.

Como funciona a inclusão de dependentes em plano de saúde empresarial?

No geral, é possível realizar a inclusão de dependentes em planos de saúde empresariais apenas de 2º grau (como avós e netos), 1º grau (pais e filhos) e por afinidade, como cônjuges. No entanto, algumas operadoras aceitam mais possibilidades de dependentes, como parentes consanguíneos de 3º grau, bisavós, bisnetos, tios e sobrinhos e parentes por afinidade, como sogros.

Para realizar a inclusão de dependentes no plano de saúde empresarial, basta separar todos os documentos necessários. As exigências podem variar de uma empresa para outra, mas no geral essa documentação consiste em:

  • RG e CPF do dependente;
  • Documento que comprove o parentesco ou afinidade com o beneficiário;
  • Comprovante de residência.

Com os documentos em mãos, basta entrar em contato com a operadora do plano de saúde e solicitar a inclusão dos dependentes. Eles informarão quais serão os passos a seguir, assim como os documentos necessários. Se você tiver dúvidas sobre o assunto, vale a pena procurar o setor de recursos humanos da sua empresa. Agora que você sabe melhor como funciona o plano de saúde empresarial e quais são as vantagens de contar com esse serviço, será muito mais fácil escolher uma operadora e contratar o plano que melhor atenderá às necessidades de seus funcionários. Se precisar de ajuda ao contratar um plano de saúde empresarial, não hesite em nos contatar! Esperamos que tenha gostado desse conteúdo! Continue acompanhando o nosso blog para mais textos como esse. Aproveite e confira nosso post com as vantagens do plano de saúde familiar. Até mais!

Gostou deste post? Avalie!

18 Comentários

Andréia Silveira

Olá, Nathalia!

Obrigada por comentar no PlanoDeSaude!

Ficamos satisfeitos que você tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente!

Comentar
Gleiciane

Bom dia, gostaria de receber contato da Seguradora Vitallis, para contratação de Plano de saúde Empresarial.

Obrigada

Comentar
Sanaira Silveira

Boa tarde Gleiciane,

Obrigada por comentar no PlanodeSaúde,
Para fazer uma cotação de plano, visite nossa página e preencha o formulário clicando no link https://www.planodesaude.net/simular/ para que um corretor parceiro entre em contato com você e tire suas dúvidas.

Atenciosamente

Comentar
Augusto César

Bom dia, gostaria de fazer um plano para meus filhos que irão morar em boa vista, qual o melhor plano para atendimento em boa vista, que tem maior rede credenciada?

Obrigada

Comentar
Sanaira Silveira

Boa tarde Augusto,

Obrigada por comentar no PlanodeSaúde,
Para fazer uma cotação de plano, visite nossa página e preencha o formulário clicando no link https://www.planodesaude.net/simular/ para que um corretor parceiro entre em contato com você e tire suas dúvidas.

Atenciosamente

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.