ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa?

Está cansado de usar óculos? Talvez, então, você fique feliz em saber que o plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa. No entanto, existem alguns pré-requisitos importantes para que o procedimento seja utilizado. Acompanhe no texto!

O plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa porque a operação aparece no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

O Rol da ANS é a lista de procedimentos de cobertura obrigatória por todos os planos do Brasil.

Uma cirurgia refrativa é a que faz a correção de grau dos olhos do indivíduo. Ela pode ser utilizada para tratar, por exemplo, a miopia, que é a dificuldade de enxergar de longe.

O tratamento também funciona contra o astigmatismo (dificuldade em enxergar de perto e longe, graças a uma deformidade da córnea). Assim como para a hipermetropia (dificuldade de enxergar de perto).

Plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa?

Quando o plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa?

Como é considerado um procedimento simples, a cirurgia refrativa não requer internação do paciente. Por isso, ela está disponível em todas as segmentações de plano de saúde, definidas pela ANS.

Ou seja, na Ambulatorial, Hospitalar e Referencial. Exclui-se apenas o plano exclusivamente Odontológico.

As técnicas utilizadas para tratamento são a PRK e a LASIK. Na primeira, a camada exterior da córnea é removida.

Assim, o médico a esculpe novamente, com laser. Já na LASIK, o cirurgião faz uma incisão na córnea para criar um retalho de tecido, e só então ele é remodelado. Essa opção também pode ser realizada com laser.

Contudo, nem todos os pacientes podem realizar a cirurgia refrativa. Para contar com a opção, primeiro o indivíduo deve ser maior de 18 anos. Seu grau refrativo também deve estar estável há, pelo menos, um ano.

Um candidato a este tipo de operação ainda não pode ser gestante, nem possuir doenças que dificultem a cicatrização da córnea. Além disso, é preciso que o indivíduo tenha:

  • Miopia moderada e grave, de -5,0 a –10,0 DE graus, com ou sem astigmatismo, associado com grau de até -4,0 DC, com refração medida através de cilindro negativo; ou Hipermetropia até grau 6,0 DE, com ou sem astigmatismo associado com grau até 4,0 DC, com refração medida através de cilindro negativo.

Os dois olhos só são operados se ambos estiverem dentro dos parâmetros, ou se um estiver, e o outro tiver grau inferior.

Se um dos olhos possuir grau superior ao parâmetro, ele não tem cobertura obrigatória. Neste caso, vale a pena conversar com o médico e verificar as vantagens da operação.

Agora você já sabe que o plano de saúde Unimed cobre cirurgia refrativa. Visite seu médico e verifique a possibilidade de utilizar este tratamento!

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.