Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

7 mudanças tecnológicas no setor de saúde

As mudanças tecnológicas no setor de saúde atendem aos médicos e trazem novos tratamentos aos pacientes. Dentre as novidades está a realidade virtual, saiba mais sobre ela e outras tecnologias.

A tecnologia trouxe diversas transformações para o mundo e as mudanças no setor de saúde acompanharam.

Se parar para analisar a medicina de hoje é muito mais eficaz do que há 20 anos, pois, recursos mais modernos facilitam a detecção de doenças, os tratamentos estão mais eficazes e como consequência a expectativa de vida aumenta.

Essas mudanças no setor da saúde impactam no trabalho dos médicos que contam com mais recursos para acompanhar os pacientes e até mesmo para gerir os seus consultórios.

Os maiores beneficiários não são os profissionais de saúde, mas, os pacientes que podem se cuidar melhor e contam com ferramentas que garantem acesso às informações e facilidades de comunicação e acesso aos serviços.

A cada dia surgem novidades e elas têm mudado a forma como os pacientes e profissionais de saúde se relacionam.

7 mudanças tecnológicas no setor de saúde

Imagem: Getty

1 – Dispositivos vestíveis

A mobilidade trouxe muitas mudanças no setor de saúde, pois, se antes as pessoas precisavam passar horas em uma clínica ou consultório para fazer o seu acompanhamento de saúde, hoje isso é possível de qualquer lugar.

Os chamados dispositivos vestíveis que podem ser pulseiras, relógios e roupas conseguem fazer esse monitoramento de qualquer lugar e enviar os dados para análise.

2 – Monitoramentos por meio de aplicativos

Existem aplicativos para smartphone que funcionam de forma parecida com os dispositivos vestíveis e permitem fazer o monitoramento de alguns aspectos da saúde.

Eles podem mostrar um histórico do paciente e ainda enviar sinais de alerta. Ao acompanhar a pressão arterial é possível saber se ela está elevada e pode haver alarme para indicar o horário de fazer o monitoramento.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

3 – Compartilhamento de informações com o médico

Não é mais preciso ir até o consultório para apresentar um exame para o médico ou mostrar o resultado de um acompanhamento que está sendo feito, por exemplo, a medição da glicemia.

Os dispositivos vestíveis e aplicativos já possuem muitas vezes a opção de compartilhar as informações com o médico remotamente.

O profissional recebe as informações, analise e pode fazer contato com o paciente pelos próprios aplicativos ou serviços de comunicação online.

4 – Telemedicina

A comunicação entre paciente e médicos evolui de uma forma que consultas já podem ser realizadas à distância com o auxílio de vídeos conferencias e outras.

Em locais que não existe um médico especialista a pessoa pode se consultar remotamente e enviar exames para que consiga ter um diagnóstico preciso.

A telemedicina ainda vai mais além, ela pode ser utilizada com o auxílio de robôs em cirurgias. Dessa forma os médicos conseguem ter uma melhor visão do que estão operando e os robôs se encarregam de agir com precisão.

5 – Armazenamento de dados

Softwares específicos da área de saúde conseguem armazenar uma infinidade de dados e garantir que o histórico do paciente estará salvo.

Dessa forma não há mais o risco de se perder o resultado de exames ou não ter um histórico que garante uma análise completa da saúde.

Os dados salvos ficam seguros em uma base que pode estar armazenada em nuvem.

6 – Aplicativos para agendamento de consultas

As consultas já são realizadas remotamente, mas, as presenciais ou até as realizadas à distância costumam ser realizadas por meio de agendamentos.

Já existem aplicativos de operadoras de saúde e até mesmo os que reúnem diferentes profissionais que permitem que o paciente entre um médico próximo e escolha o dia do atendimento entre os disponíveis.

As informações podem ser verificadas nos aplicativos e confirmadas conforme disponibilidade do paciente.

Muitos desses apps também contam com lembretes para que a pessoa não esqueça do agendamento e dessa forma não deixe de comparecer a sua consulta.

7 – Realidade virtual

Bastante conhecidas em jogos, a realidade virtual bem ajudando paciente a se tratarem de doenças como fobias.

A pessoa é exposta virtualmente a situações que a deixam tensa e o profissional consegue orientar para que o medo vá embora a pessoa possa se curar.

As mudanças no setor de saúde são frequentes e pacientes estão ganhando com isso. Para quem busca tratamentos modernos pode ser uma boa oportunidade.

Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. É apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.