ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia?

O plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia sempre que os pacientes atendem a alguns pré-requisitos. Quer saber quais são? Acompanhe o texto e descubra!

O plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia porque a operação está listada no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O Rol da ANS consiste em uma lista de procedimentos de cobertura obrigatória pelos planos no País.

Não são todos os pacientes, porém, aptos à realização da cirurgia. Para começar, é necessário que o indivíduo seja maior de 18 anos, e que tenha indicação médica para a operação. Ao mesmo tempo, é preciso que a ginecomastia tenha efeitos em sua saúde, e não apenas na estética.

Plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia?

Quando o plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia?

A ginecomastia consiste no aumento benigno das mamas nos homens, e existem duas causas para a condição. Na primeira, o crescimento da região é consequência do excesso de peso.

Nesse caso, a condição é chamada de pseudoginecomastia, e não provoca efeitos à saúde do indivíduo. Ou seja, a cirurgia não teria objetivo de saúde, mas sim estético. Um plano de saúde não é obrigado a cobrir cirurgia plástica, e pode se negar a quitar os valores referentes a esta operação.

Já a ginecomastia “real” acontece devido ao aumento da glândula mamária do homem. As causas do problema são variadas, e incluem, por exemplo, problemas no fígado e na tireoide. O uso de remédios também pode causar desequilíbrios hormonais no organismo masculino, levando à condição.

Em uma situação de ginecomastia “real”, o homem vivencia prejuízos à sua saúde. Especialmente à saúde mental, já que o aumento da região mamária normalmente afeta à autoestima do indivíduo. Assim, o plano fica obrigado a fazer a cobertura da operação.

De qualquer forma, é preciso que o paciente conte com indicação médica. Para isso, ele deve procurar o atendimento de um endocrinologista. O especialista realizará alguns exames, como o ultrassom das mamas. Em seguida, poderá indicar a realização da cirurgia e/ou outro tratamento, que vise combater a causa da condição.

Com a prescrição realizada pelo profissional, o plano de saúde Unimed cobre cirurgia de ginecomastia. Em momentos raros, porém, a operadora de saúde pode se negar a quitar os valores. Caso isso ocorra, o paciente deve procurar o auxílio da ANS, fazendo uma reclamação formal na agência. Uma segunda opção é procurar o Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) da sua cidade, ou então abrir ação judicial contra a empresa.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.