ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Plano de saúde Unimed cobre otoplastia

Assim que o médico indica a realização da cirurgia plástica das orelhas, surge a dúvida: “será que o plano de saúde Unimed cobre otoplastia?”. A resposta é não, mas com ressaltas. De modo geral, a negativa existe porque o procedimento não está listado no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.

O Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar é a lista de todos os atendimentos e tratamentos com cobertura obrigatória pelos planos de saúde. Assim como muitas outras, a otoplastia não é coberta porque é considerada uma cirurgia estética. Ou seja, sua realização não afeta diretamente a saúde do paciente, e por isso não precisa ser coberta.

Plano de saúde Unimed cobre otoplastia

Em que possibilidades o plano de saúde Unimed cobre otoplastia?

No entanto, há situações em que a cirurgia não é tratada apenas como estética. Ou seja, em que ela não funciona apenas para a diminuição do tamanho das orelhas. Um destes casos é a realização do procedimento para o tratamento de sequelas de traumas.

A otoplastia também pode ser utilizada para o tratamento da ausência congênita das orelhas, ou das chamadas orelhas constritas. Há, ainda, a possibilidade da chamada microtia. O problema consiste no subdesenvolvimento da orelha, o que pode causar dificuldades de audição, ou mesmo surdez.

Nessas ocorrências, caso o médico verifique risco para a saúde do paciente, o plano pode ser obrigado a cobrir a operação. Esse é o termo-chave: risco para a saúde. Caso ele não exista, e a cirurgia não seja reparadora, o procedimento continuará sendo tratado como estético e, portanto, não coberto.

E se o plano se negar a cobrir?

É importante primeiro entrar em contato com a Unimed e expor o caso. Se a questão não for resolvida, o passo seguinte deverá ser o contato com a ANS, para que ela intermedeie a negociação. Em uma última situação, o consumidor pode requerer seu direito na Justiça.

Tratando-se de uma questão de saúde, é comum que as decisões judiciais sejam proferidas rapidamente. Se ficar decidido que a cirurgia não é uma questão de saúde, o plano fica desobrigado a quitar os valores do procedimento, e assim os custos tornam-se responsabilidade do consumidor.

De qualquer forma, todas as consultas e exames de diagnóstico ainda poderão ser realizados pela Unimed, uma vez há cobertura para estes serviços.

Em todo caso, a idade mínima para a realização de uma otoplastia é de seis anos de idade. Isso porque, segundo especialistas, nessa idade ainda não houve a finalização do crescimento das orelhas. Logo, a operação não vai interferir no processo.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.