Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de saúde Unimed cobre otoplastia

Assim que o médico indica a realização da cirurgia plástica das orelhas, surge a dúvida: “será que o plano de saúde Unimed cobre otoplastia?”. Acompanhe este artigo e descubra a resposta para essa pergunta.

Se você está em dúvidas sobre o fato do plano de saúde Unimed cobre otoplastia, a resposta é não, mas com ressalvas.

De modo geral, a negativa existe porque o procedimento não está listado no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.

O Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar é a lista de todos os atendimentos e tratamentos com cobertura obrigatória pelos planos de saúde.

Assim como muitas outras, a otoplastia não está incluída neste rol por ser considerada uma cirurgia estética.

Ou seja, sua realização não afeta diretamente a saúde do paciente, por isso não precisa ser coberta.

Plano de saúde Unimed cobre otoplastia

Imagem: Getty

Em que possibilidades o plano de saúde Unimed cobre otoplastia?

Como dito no início do artigo, os planos de saúde não cobrem esse tipo de procedimento, mas existem ressalvas.

Há situações em que a cirurgia não é tratada apenas como estética. Ou seja, situações em que ela não funciona apenas para a diminuição do tamanho das orelhas.

Um destes casos é a realização do procedimento para o tratamento de sequelas de traumas.

Em especial traumas psicológicos que podem surgir nas crianças devido a ataques cruéis de bullying na escola, por exemplo.

É muito comum que pessoas, sejam crianças ou adultos, sofram com apelidos e piadas em relação a suas orelhas e acabem desenvolvendo problemas emocionais que atrapalharão eles em outras áreas da sua vida.

Segundo o cirurgião plástico responsável pelo Projeto Orelhinha, Marcelo Assis, existe uma imensa demanda para esse tipo de cirurgia plástica, e ele diz ser lamentável que esse tipo de correção seja considerado apenas como um procedimento estético.

Uma vez que pode interferir diretamente na qualidade de vida das pessoas.

Além desse motivo, que é o mais comum, para a realização da otoplastia, existem outras razões que tornam esse procedimento necessário.

Por exemplo, o tratamento da ausência congênita das orelhas, ou das chamadas orelhas constritas.

Deformidades que geralmente atingem a parte do terço superior da orelha e podem necessitar de pequenas correções ou mesmo grandes reconstruções.

Existe ainda outra deformidade congênita conhecida como microtia, em que a realização da otoplastia é necessária.

Esse problema consiste no subdesenvolvimento da orelha externa, o que pode causar dificuldades de audição, ou mesmo surdez.

Nessas ocorrências, caso o médico verifique risco para a saúde do paciente, o plano pode ser obrigado a cobrir a operação.

Esse é o termo chave: risco para a saúde. Caso ele não exista, e a cirurgia não seja reparadora, o procedimento continuará sendo tratado como estético, portanto, não coberto.

E se o plano se negar a cobrir?

É importante primeiro entrar em contato com a Unimed e expor o caso. Se a questão não for resolvida, o passo seguinte deverá ser o contato com a ANS, para que ela cuide da negociação.

Em uma última situação, o consumidor pode procurar seu direito na Justiça.

Tratando-se de uma questão de saúde, é comum que as decisões judiciais sejam proferidas rapidamente.

Se ficar decidido que a cirurgia não é uma questão de saúde, o plano fica desobrigado a quitar os valores do procedimento, e assim os custos são transferidos para o consumidor.

De qualquer forma, todas as consultas e exames de diagnóstico ainda poderão ser realizados pela Unimed, uma vez há cobertura para estes serviços.

Em todo caso, a idade mínima para a realização de uma otoplastia é de seis anos.

Isso porque, segundo especialistas, nessa idade ainda não houve a finalização do crescimento das orelhas. Logo, a operação não vai interferir no processo.

Se você estiver tendo problemas causados por suas orelhas ou mesmo tiver um filho ou sobrinho que esteja passando por uma das situações mencionadas neste artigo.

Não perca tempo, procure seus direitos e tente realizar o procedimento com o auxílio do plano de saúde.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

6 Comentários

Maria

Olá! Fui violentada há 8 anos atrás e tive parte da orelha cortada. Até hoje sofro bullying sofro muito tenho trauma será que consigo fazer minha otoplastia pela Unimed?

Att

Comentar
Andréia Silveira

Bom dia, Maria!

Obrigada por comentar no PlanodeSaúde!

Por favor, entre em contato com sua operadora para que possam tirar sua dúvida, pois as coberturas variam conforme o plano contratado.

Se desejar fazer uma cotação de plano, visite nossa página e preencha o formulário clicando no link https://goo.gl/KvZ8Rp para que um corretor parceiro entre em contato com você.

Atenciosamente!

Comentar
Eliene Santos Almeida

Olá,

Gostaria de saber o preço da otoplastia e quem pode ter esse plano.

Att.

Comentar
Fabiana Ferreira

Boa tarde Eliene,

Obrigada por comentar no PlanodeSaúde.net,
Visite nosso site e faça sua cotação já! Preencha o formulário clicando no link https://goo.gl/KvZ8Rp e aguarde o contato de um corretor para que possa tirar suas dúvidas.
Atenciosamente.

Comentar
Natanael Augusto

Olá,

Meu nome e Natanael e eu estou querendo fazer minha otoplastia, mas não tenho condição eu queria saber quantos ficaria pela Unimed?

Att.

Comentar
Fabiana Ferreira

Boa tarde Natanael.

Obrigada por comentar no PlanodeSaúde.net,
Por favor, entre em contato com sua operadora para que possam tirar sua dúvida.

Atenciosamente.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.