Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Projeto verão: conheça alguns cuidados importantes ao colocá-lo em prática

O verão chegou e com ele a pressa por perder alguns quilos e exibir corpos mais enxutos e definidos por aí. No entanto, é preciso que alguns cuidados importantes sejam tomados ao colocar o projeto verão em prática.

Muitas pessoas sonham em ter corpos mais saudáveis, magros, rígidos e definidos, e se planejam durante todo o ano, para conquista-los a tempo para as férias de verão, que acontecem no final do ano.

Esse é o famoso projeto verão que conta anualmente com muitos adeptos e que quase sempre vem acompanhado de técnicas um tanto perigosas como o uso não recomendado de moderadores de apetite, exercícios exaustivos, entre outros.

Neste artigo você conhecerá alguns cuidados importantes que devem ser tomados ao colocar o projeto verão em prática. Continue lendo e entenda melhor os perigos que essas práticas inadequadas podem promover.

Projeto verão: conheça alguns cuidados importantes ao colocá-lo em prática

Imagem: Getty

O que é exatamente o projeto verão?

Vivemos em um país tropical, de clima quente em maior parte do território nacional, durante todo o ano.

A chegada da estação do verão que, geralmente acontece no dia de dezembro, traz consigo um calor ainda mais intenso que o vivenciado durante o ano.

Nesse período é comum que as pessoas usem roupas mais leves, que geralmente deixam o corpo mais a mostra, exatamente por causa da maior sensação de calor.

Além disso, final de ano no Brasil é época de férias, não só escolares, mas também de muitos profissionais.

O que faz com que muitas pessoas planejem viagens a praia, ou idas ao clube ou parques aquáticos.

Esses fatores, aliados a vaidade de 99% da população brasileira, faz com que muitas pessoas programem o famoso projeto verão alguns meses antes da chegada da estação, geralmente após o ápice do inverno no país, meados de agosto.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

O ‘projeto verão’, nada mais é do que um plano de alimentação hipocalórica e a prática de exercícios físicos, com a finalidade de deixar o corpo em forma, para ser mostrado de uma maneira mais tranquila na praia, no verão.

No entanto, colocar esse projeto em prática, com tempo suficiente para que ele se concretize de maneira saudável, nem sempre é possível.

Não são raros os casos de pessoas que chegam a algumas semanas de uma viagem de final de ano e decidem perder alguns quilos em poucos dias.

Usando técnicas muitas vezes, perigosas para alcançar essa meta. Por isso, se esse é o seu caso, é preciso que você esteja atento a alguns cuidados importantes que precisam ser tomados quando o assunto é a prática do projeto verão.

Quais são os cuidados importantes no projeto verão?

1 – Procure orientação profissional

Independentemente se você está começando seu projeto verão, mais cedo ou mais tarde, é fundamental que você busque ajuda médico para colocá-lo em prática.

Conte o auxílio de um nutricionista, endocrinologista e um profissional de educação física. Fazendo isso, você não correrá o risco de investir em cardápios inapropriados ou exercícios puxados demais para seu condicionamento físico atual.

2 – Escolha o melhor para você

Se você optar por dietas muito restritivas ou cardápios repletos de alimentos que agradam muito seu paladar será muito mais difícil manter a alimentação necessária.

Por isso, tente elaborar um cardápio personalizado com a ajuda de um nutricionista. Suas chances de sucesso serão muito maiores fazendo isso.

O mesmo vale para a rotina de exercícios físicos. Evite atividades que lhe causem tédio, ou fortes dores musculares. Isso lhe desmotivará muito!

3 – Mantenha-se hidratado

Para que uma dieta seja realmente eficiente e menos impactante é fundamental que você beba muita água.

A mesma dica vale para a prática de exercícios físicos, afinal, no começo você eliminará mais água do que calorias, mantendo o corpo hidratado você não terá problemas como câimbras e conseguirá queimar as gorduras com mais eficiência. Além disso, vivemos em um país extremamente quente, e de clima seco em algumas regiões.

4 – Evite os lanches fora de hora

Mesmo que você esteja consumindo alimentos de baixo teor calórico, é fundamental que você evite se alimentar fora dos horários estipulados por seu nutricionista.

Se você estiver sentindo muita, fale com o profissional e procure uma solução mais saudável para contornar essa situação.

5 – Não faça uso de medicamentos sem prescrição médica

Muitas pessoas, na pressa de perder alguns quilos acabam buscando ajuda em medicamentos que prometem queimar gordura, modular o apetite, etc.

Não seja uma das pessoas que faz isso sem uma recomendação médica. Essa é uma prática perigosa que pode muitas vezes levar ao desenvolvimento de problemas mais graves.

6 – Evite comer fora de casa

Quando você come o que foi preparado por você, sabe exatamente a qualidade do alimento, desde a matéria prima até o modo de preparo.

Ao comer fora, você nunca saberá ao certo como está o seu consumo de calorias. Quando o almoço em restaurantes é um hábito frequente fica muito mais difícil seguir dietas.

7 – Proteja-se

Você prefere a prática de atividades físicas ao ar livre? Excelente, afinal, o sol é essencial na produção de vitamina D em nosso organismo, mas é importante que você não se esqueça de sempre passar o filtro solar, e reforçá-lo quando necessário.

Além disso, é preciso que você tenha sempre à mão uma garrafa de água. Lembre que, dias secos pedem mais atenção as práticas ao ar livre.

As mudanças reais e saudáveis acontecem a longo prazo, por isso, não espere perder cinco quilos em uma semana de uma maneira segura e saudável, pois, isso é completamente inviável.

Relatos de projetos de verão que deram errado!

Existem inúmeros relatos na internet de pessoas que exageraram na dieta, rotina de treinos ou uso de medicamentos para emagrecer e tiveram resultados catastróficos.

Por isso, é tão importante que você evite tais atitudes. Conheça algumas histórias e entenda o perigo dessas práticas:

“Em maio de 2016 combinei uma viagem de final de ano com minhas amigas. E, assim que fizemos a reserva do hotel e compramos as passagens comecei meu ‘projeto verão’. O problema é que eu tenho um trabalho que toma muito meu tempo, e acabei descuidando muito da dieta e os exercícios. Com apenas 6 semanas para nossa viagem acontecer, resolvi apelar para os medicamentos que reduzem o apetite. Precisava perder 6 quilos e não havia eliminado uma grama sequer até então. Comecei a tomar uma fórmula, comprada sem receita, que tirou completamente meu apetite. Eu simplesmente não comia nada, conseguia apenas beber água. As vezes me forçava a comer algo como um queijo branco ou coisa do tipo. Meu rendimento no trabalho rapidamente caiu, mas não me preocupe, afinal, estava emagrecendo para a viagem e logo entraria de férias.

Uma semana antes da viagem, tive um mal súbito no trabalho, desmaiei. Fui levada até um hospital onde um médico me disse que precisaria ficar internada, em observação. Depois de cinco dias tomando soro e comendo comida de hospital, havia recuperado dois dos 6 quilos que havia eliminado. Mas estava fraca demais para viajar com minhas amigas. Resultado, perdia a viagem, minhas férias e quase perdi a vida, pois, entrei em um estado grave de saúde, causado pela inanição completa.”

– Fátima Alcântara, 22 anos, São Paulo – SP

“Estava tão empolgado com meu projeto verão no início do segundo semestre deste ano que investi pesado nos treinos musculares, pesado até demais. Além de conviver com a exaustão por diversos dias, eu acabei conquistando uma hipertrofia muscular que acabou com a estética do meu corpo e quase fez com que eu perdesse uma mão. Os músculos cresceram tão rapidamente que comprimiram os vasos que promovem a circulação do braço.”

– James Brito, 31 anos, Rio de Janeiro.

Esses são apenas dois dos muitos relatos que podem ser facilmente encontrados na internet.

Mas certamente eles mostram como seguir uma alimentação e prática de exercícios corretos é importante. Por isso, não cometa tais erros comentados neste artigo.

Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina da Silva

Especialista em seguros, Jeniffer Elaina trabalha com redação, revisão e otimização SEO desde 2012. É formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. É apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.