Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Como funciona um plano odontológico carência zero

O plano odontológico sem carência permite a utilização imediata dos serviços. Entenda!

Cuidar dos dentes e ficar com um sorriso bonito pode não ser tão barato. Para reduzir os custos é possível optar por um plano odontológico carência zero.

Ter um plano pode tornar os cuidados bucais mais baratos, pois se paga apenas uma mensalidade para ter acesso a diferentes procedimentos. Fazendo as contas, ele é mais vantajoso do que utilizar o serviço de forma particular.

O problema é que ao aderir a uma assistência odontológica pode ser necessário aguardar um período para ter acesso aos serviços. Nesse tempo, se precisar de atendimento terá de pagar do próprio bolso.

Como funciona um plano odontológico carência zero

Imagem: Getty Images

O que é carência?

Algumas pessoas não entendem que mesmo tendo serviço contratado não conseguem utilizá-lo. Isso acontece porque a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) diz que as operadoras podem exigir o cumprimento da carência.

Isso significa que se contrata o serviço e as empresas terão um tempo para se organizar e assim disponibilizar aos novos clientes. Esses continuam pagando a mensalidade até que tudo esteja liberado.

Quando não se tem um plano odontológico carência zero, existem dois prazos regulamentares que é preciso esperar. Para casos de urgência e emergência são necessárias 24 horas, para as demais situações 180 dias.

Vale ressaltar que esse é o tempo máximo, por uma estratégia comercial algumas operadoras reduzem esse prazo. Não é raro ver que a carência para consultas é de 90 dias.

É claro que além de diminuir o tempo de carências, as empresas podem isentá-la, mas isso não é uma regra.

Plano odontológico carência zero

O plano odontológico carência zero já existe. Nesse caso, a pessoa que contrata o plano passa a ter acesso imediato aos serviços contratados.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

Isso significa que poderá utilizar todos os procedimentos disponibilizados a hora que desejar, podendo se isso algumas horas após a adesão.

A questão é como obter a carência zero. Isso pode variar de uma operadora para outra. Afinal, elas não são obrigadas a isentar essa carência.

O mais comum é que isso aconteça nos planos empresariais. Como existe um grande número de pessoas utilizando o serviço e as operadoras ganham com isso, acabam entregando essa vantagem.

Nos planos pessoas físicas isso também pode acontecer. Algumas empresas optam por isentar a carência em momentos promocionais ou conforme a forma de pagamento escolhida.

Já outras adotam o plano odontológico carência zero como um padrão, qualquer pessoa pode contar com ele.

Quais as coberturas de um plano odontológico sem carência?

O plano odontológico sem carência possui as mesmas coberturas de um plano que possua carência. As coberturas podem variar de acordo com o plano que foi contratado, sendo possível escolher os básicos ou outros que são mais completos.

A ANS determina que existam algumas coberturas mínimas obrigatórias, estas estão disponíveis para qualquer opção. Entretanto, as operadoras costumam oferecer alguns adicionais para que o plano fique mais completo e atrativo.

As exigidas por lei são aquelas que garantem o atendimento e tratamento básico nos cuidados com a saúde bucal. Elas são preventivas e corretivas.

Já os procedimentos estéticos como implantes e outros dificilmente estarão inclusos em um plano.

As vantagens do plano odontológico carência zero

Na hora de contratar um plano de saúde é preciso verificar o que ele oferece e se as coberturas atenderão a necessidade.

Um plano odontológico carência zero pode ser vantajoso, primeiro por não haver necessidade de esperar para utilizar o serviço. Logo após a contratação é possível ter acesso a todos os cuidados necessários.

Isso quer dizer que quanto antes começar o tratamento, terá dentes mais bonitos e prevenirá problemas.

Além disso, podendo utilizar a assistência odontológica não precisará pagar por um dentista particular. Dessa forma economizará um bom dinheiro já que nesse caso os custos poderiam ser altos.

Como contratar uma assistência odontológica carência zero

Se a intenção é ter um plano odontológico para usar imediatamente, terá que buscar por opções que ofereçam essa possibilidade. Pode começar pedindo cotações, dessa forma terá acesso aos valores e regras de cada um dos serviços.

Pode também fazer uma pesquisa para verificar se existe alguma campanha vigente que ofereça a isenção da carência.

Ao encontrar uma opção, verifique se as coberturas oferecidas atendem as necessidades e reputação da operadora. Estando tudo certo, então pode recorrer a um corretor para fazer a adesão ao serviço.

Siga os procedimentos da operadora preenchendo formulários e enviando os documentos necessários. Feito isso, receberá o contrato de prestação de serviço e já terá o plano odontológico sem carência disponível.

Quer ter um plano odontológico sem carência? Então comece pesquisando os que estão disponíveis no momento.

Jeniffer Elaina da Silva

Redatora especialista em saúde e planos de saúde. Jeniffer já escreveu mais de mil artigos sobre saúde para o Planodesaude.net e publicou o ebook Cuide de Sua Saúde. Atualmente, cursa Gestão de Seguros e é formada em Marketing com pós em Administração na FGV. Possui também um curso técnico em Direito do Seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.