Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de saúde cobre beta HCG?

Um dos exames mais confiáveis para a descoberta da gravidez é o Beta hCG. Ele é um teste básico de laboratório, realizado por meio do sangue ou da urina da mulher. Por isso, o plano de saúde cobre Beta hCG.

Se você é mulher sabe que existem muitas maneiras de descobrir se está grávida, no mercado, há uma infinidade de testes que podem ser facilmente comprados e, são capazes de dar essa resposta.

No entanto, a maneira mais eficaz que conseguir uma resposta exata para essa questão sempre foi a realização do exame Beta hCG.

Esse exame é responsável por detectar a presença do Beta hCG no organismo feminino, um hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana, que é responsável pela manutenção e desenvolvimento da gestação.

Se você quer entender melhor como esse exame funciona, quando e como pode ser feito e se o plano de saúde cobre beta hCG, continue lendo este artigo onde, além de receber essas informações ainda aprenderá como uma gestação se inicia.

Plano de saúde cobre beta HCG?

Fonte: Pixabay

O que é o beta hCG?

Como mencionado anteriormente, o beta hCG é um hormônio produzido pelo organismo feminino quando uma gestação se inicia, ele é responsável por promover todas as condições necessárias para que o feto se desenvolva com saúde e a gestação ocorra bem.

Por isso, o exame que detecta a sua presença é a maneira mais eficaz de constatar uma gravidez. Afinal, se não houver um embrião no útero o organismo feminino não produzirá esse hormônio.

O beta hCG pode ser identificado através de uma análise sanguínea simples, ou um exame de urina, sua realização é rápida e seu resultado é garantido.

Por isso, muitas vezes vale a pena buscar por esse exame antes de investir nos famosos testes de farmácia que possuem uma margem de erro muito grande.

Como acontece o início de uma gravidez?

Todo início de gestação acontece com a formação de um embrião, este é formado por meio da união entre o espermatozoide, célula reprodutora masculina, e o óvulo, gameta feminino.

Saiba o preço do seu Plano de Saúde

Qual seu tipo de plano?

Simular

De forma natural, essa união acontece por meio da relação sexual, em que o homem libera seus espermatozoides no corpo da mulher.

Assim que liberados, pela ejaculação, os gametas masculinos “nadam” até uma das tubas uterinas, também conhecida como trompas.

É lá que o óvulo, liberado pelos ovários, fica disponível para a fertilização.

Também é possível que a fecundação ocorra por meio de alguma técnica de reprodução assistida, como a fertilização in vitro.

Na fertilização, um embrião é criado em laboratório, e depois transferido para o útero feminino.

O embrião demora cerca de seis dias para “caminhar” da tuba uterina até o útero. E, logo que é fixado no útero, o hCG alcança a corrente sanguínea da mulher.

O hormônio, então, aumenta gradualmente, e consideravelmente, ao longo do curso da gestação.

Quando esse exame pode ser realizado?

Além da indicação da realização do beta hCG para descoberta de uma gravidez, esse exame pode ser solicitado pelo obstetra para acompanhar o andamento da gestação ou verificar o desenvolvimento do feto e as possibilidades de problemas durante a gravidez.

Portanto, ele pode ser realizado para a descoberta da gestação e durante a gravidez para manutenção da saúde do feto.

Como entender o resultado do exame beta hCG?

O resultado desse exame sempre apresentado de maneira quantitativa, por isso, é comum que muitas pessoas tenham dúvidas sobre o resultado do beta hCG.

Quando realizado através da análise sanguínea, ele apresenta o número de concentração desse hormônio no sangue.

É claro que o resultado dessa análise pode variar de uma mulher para outra, mas de maneira geral, quando ela apresenta um resultado acima de 5UI/L significa que a mulher está grávida.

Nas primeiras semanas de gravidez, o nível do hormônio basicamente dobra a cada 2 ou 3 dias.

As atuais técnicas para o exame Beta hCG, contudo, só conseguem detectar a substância a partir da 3° semana de gestação.

Nessa época, o BhCG pode ser medido com níveis de 25 mIU/ml.

Por que o plano de saúde cobre beta hCG?

Como citado anteriormente, o plano de saúde cobre Beta hCG porque o exame é feito de forma laboratorial.

E, como qualquer outro teste de urina ou sangue, ele também está listado no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS.

Ele pode ser encontrado nesta lista como “hormônio gonadotrófico coriônico quantitativo (hcg-beta-hcg)”.

O Rol determina todos os procedimentos com cobertura obrigatória pelos planos.

É preciso uma indicação médica para que o plano de saúde cubra o beta hCG?

Sim, apesar desse exame poder ser realizado de maneira particular, sem uma indicação médica em qualquer laboratório, para que o plano de saúde cubra o exame beta hCG é preciso que ele seja solicitado por um médico em uma consulta.

Por isso, é importante que em caso de dúvida você marque uma consulta com seu médico e peça a ele um encaminhamento para a realização do exame.

Com o resultado em mãos, é igualmente importante buscar o auxílio médico.

Afinal, apesar de haverem valores base para a definição de uma gestação, eles podem variar. Logo, serão apenas percebidos pelo profissional.

Agora que você sabe que o plano de saúde cobre Beta hCG, pode utilizar o teste para descobrir se está realmente grávida, sem correr riscos de resultados errôneos.

Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina da Silva

Redatora especialista em saúde e planos de saúde. Jeniffer já escreveu mais de mil artigos sobre saúde para o Planodesaude.net e publicou o ebook Cuide de Sua Saúde. Jeniffer é formada em Marketing com pós em Administração na FGV e atualmente cursa Gestão de Seguros. É apaixonada pelo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.