Descubra o preço
do seu
Plano de Saúde

Descubra o preço do seu Plano de Saúde

Plano de saúde Unimed cobre peeling?

Nesse artigo, saiba se o plano de saúde Unimed cobre peeling e outros procedimentos estéticos, e o que fazer para realizá-los.

Muitas pessoas têm dúvidas se o plano de saúde Unimed cobre peeling ou outros procedimentos estéticos.

E a dúvida é bastante válida. Afinal, um plano de saúde cuida apenas da saúde, e não da beleza do indivíduo, certo?

De modo geral, as coberturas dos planos de saúde, causam muita polêmica. Afinal, quais as assistências oferecidas aos consumidores?

As dúvidas são ainda mais frequentes quando o assunto é a cobertura de intervenções estéticas.

O peeling nada mais é do que um procedimento que provoca a descamação e renovação da pele.

Ele é capaz de diminuir incômodos como manchas, rugas e acne.

Se você quiser saber se o plano de saúde Unimed cobre peeling, acompanhe esse artigo e entenda melhor sobre o assunto.

Plano de saúde Unimed cobre peeling?

Imagem: Getty

Quando o plano de saúde Unimed cobre peeling?

De um modo geral, todos os planos de saúde não são obrigados a cobrir procedimentos estéticos ou que envolvem apenas a melhora do bem-estar do paciente.

Por isso, conclui-se que o plano de saúde Unimed cobre peeling.

Os procedimentos que um plano de saúde deve cobrir estão listados no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A ANS é o órgão responsável por regular as operadoras de saúde no País.

Por meio dessa lista, o consumidor tem maior segurança em obter os atendimentos considerados “básicos” ao seu bem-estar.

A lista de procedimentos obrigatórios varia de acordo com a segmentação contratada do plano de saúde.

Um plano Hospitalar, por exemplo, cobre internação por mais de 12 horas, mas o plano Ambulatorial não faz esse tipo de cobertura.

Vale ressaltar que uma operadora pode oferecer sempre mais do que a ANS estabelece.

Nesse caso, os procedimentos “extras” aparecerão no contrato do plano, assim como as demais coberturas.

Os serviços previstos no Rol são apenas o mínimo com o que o usuário pode contar.

Exceções à regra: quando o plano cobre peeling?

Ainda que atendimentos estéticos não estejam incluídos na obrigatoriedade de cobertura, existem exceções.

Quando uma cirurgia tem cunho reparador, um procedimento estético pode servir como complemento do tratamento.

Nessas situações, o plano de saúde é obrigado, por lei, a cobrir todos os procedimentos necessários.

Um exemplo comum é a cirurgia estética para a mama feminina após um câncer.

Ou ainda a cirurgia de retirada de pele após uma bariátrica.

Portanto, se o procedimento estético estiver relacionado a um tratamento reparador, o plano de saúde Unimed cobre peeling.

Agora, se ele tiver apenas finalidade estética, o plano de saúde não é obrigado a cobrir o procedimento.

Em todo o caso, é importante lembrar que o peeling possui poucas indicações para a saúde.

Para a que a operadora aprove o tratamento por esse método, o médico especialista precisa explicar, em detalhes, quais as razões dessa prescrição.

A empresa avaliará o pedido e se ele possui, realmente, caráter de saúde.

Só assim o atendimento será autorizado, algo que acontece em casos como o cuidado do melasma.

O melasma acontece quando surgem manchas escuras na pele, principalmente do rosto.

Seu tratamento precisa ser realizado por um dermatologista.

Cuidar da saúde não significa apenas tratar de doenças!

De acordo com uma resolução da Organização Mundial de Saúde (OMS), cuidar da saúde não envolve apenas tratar doenças.

Isso porque,, a saúde é composta por um conjunto de ações, bens e serviços capazes de caracterizar um estado de bem-estar permanente.

Essa diretriz da OMS torna ainda mais polêmica a dúvida sobre se o plano de saúde Unimed cobre peeling.

Afinal de contas, a instrução enfatiza que a saúde integral é alcançada não apenas com a cura de doenças, mas também com o estabelecimento de questões que estimulem o bem-estar pessoal.

Tudo isso seja por meio da prevenção de problemas, seja pela melhora de pequenos incômodos, atuando diretamente nos âmbitos psicológico e físico.

Neste caso, uma questão puramente estética pode, por exemplo, provocar desvios da autoestima do indivíduo e da sua saúde.

Caso considere o peeling uma solução para a questão estética e, consequentemente, a saúde mental do paciente, o médico pode indicar o procedimento.

Então, o pedido será avaliado pela operadora de saúde.

Portanto, vale a pena entrar em contato com um profissional capacitado junto ao plano de saúde e se informar melhor se o plano de saúde Unimed cobre peeling.

Mas já adiantamos que, se o caso for apenas estético, as chances dessa cobertura acontecer são mínimas.

Porém, se o procedimento fizer parte de um tratamento de reconstrução, as possibilidades do plano de saúde Unimed cobrir peeling são um pouco maiores.

Entre em contato com seu plano e se informe melhor sobre o assunto.

Agora você já sabe quando o plano de saúde Unimed cobre peeling!

Na hora de contratar uma operadora, tenha o cuidado de conhecer cada norma do plano.

Elas estarão listadas no seu contrato e garantirão o melhor atendimento possível pela operadora.

*Este texto é de conteúdo editorial e não garante a comercialização deste produto nesse site.

Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.