dcsimg

ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual o seu DDD?


ou ver Listas Patrocinadas

Qual a carência para cirurgia do plano de saúde

Curta e compartilhe esse artigo:

A carência para cirurgia do plano de saúde é de 180 dias.

Ao contratar um plano de saúde, a pessoa espera poder utilizar os serviços e assim se cuidar melhor, porém, o que muita gente esquece é de verificar exatamente como funciona o serviço.

É preciso se atentar que existe a carência para ser cumprida, isso quer dizer que há de se esperar um período para que o plano de saúde possa ser usado após a adesão.

Isso quer dizer que a carência é válida apenas para os planos novos, quem já possui o plano a muito tempo não precisa cumprir com esse período a não ser que faça alguma mudança.

Clique aqui e faça a cotação do seu plano de saúde.
Qual a carência para cirurgia do plano de saúde

Por que existe carência?

O que gera muito questionamento é porque existe uma carência, afinal, as pessoas acham que estão pagando o plano e poderiam usar o que bem entendesse.

Na verdade, a carência foi determinada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para assegurar a parte envolvidas.

As operadoras precisam de um tempo para adaptar a sua rede a novos clientes e conseguir oferecer os serviços que foram contratados.

Que tal cuidar da sua saúde agora? Aproveite e faça a cotação do seu plano de saúde.

Por outro lado, se não houvesse a carência para cirurgia do plano de saúde se correria um sério risco de ser feita a contratação apenas quando a pessoa precisasse ser operadora. Depois de conseguir o que queria, faria o cancelamento do serviço e todos os custos seriam das operadoras.

Se essa situação acontecesse o valor das mensalidades teriam de ser muito elevado para cobrir todos esses custos, o que tornaria o serviço inviável ou injusto para quem paga mensalmente e não possui problemas de saúde.

Somente existe carência para cirurgia do plano de saúde ou há para outros procedimentos?

A carência para cirurgia do plano de saúde é de 180 dias, sendo assim o prazo que se deve aguardar para fazer uma intervenção cirúrgica é esse.

Vale ressaltar que o parto não é categorizado como uma cirurgia comum e que ele possui outro período de carência, 300 dias.

Isso já deixa claro que existem períodos diferentes de carência que vão de 24 horas a 24 meses conforme a situação e procedimento a ser realizado.

Veja o vídeo a seguir e confira todos os períodos de carência da ANS.

https://youtu.be/aoXIQ7PLtIw

Existe uma maneira de conseguir isenção ou redução de carência para cirurgia?

A resposta para essa pergunta é sim. A isenção de carência existe, mas segue algumas regras.

Os prazos apresentados são os máximos que as operadoras podem estabelecer, mas fica a critério delas reduzirem esse tempo se acharem necessário.

Sendo assim, se a operadora trabalha com uma política de carência reduzida ou faz alguma promoção nesse sentido, será possível conseguir realizar a cirurgia pelo plano de saúde mais rapidamente.

Só que essa não é a única situação. Quando se solicita a portabilidade de planos entre as operadoras, junto se leva a carência que já foi cumprida.

Isso quer dizer que quando você porta de operadora não precisará cumprir a carência novamente, pois se entender que isso já foi feito na empresa com a qual tinha contrato anteriormente.

Há outro caso em que não é preciso aguardar 180 dias para realizar cirurgia pelo plano de saúde. Quando se trata de planos empresariais com mais de 30 vidas.

Os planos de saúde oferecidos pelas empresas e que contemplam um grande número de funcionários, são isentos do cumprimento de carência para todos os procedimentos.

Por isso, logo após a pessoa ser cadastrada no plano de saúde empresarial ela terá de aguardar 24 horas para utilizar o serviço. Após esse período, terá acesso a todas as coberturas do plano sem que haja carência.

Já passou a carência de 180 dias e minha operadora não liberou a cirurgia. Por quê?

Após o período de carência, a operadora não pode negar a realização do procedimento cirúrgico desde que ele tenha sido indicado por um médico e esteja dentro dos procedimentos contemplados.

O que pode ocorrer em caso de negativa de cirurgia é:

O plano contratado não possui cobertura hospitalar que inclui os procedimentos cirúrgicos que precisa realizar.

O tipo de cirurgia que precisa realizar não está incluso nas coberturas oferecidas pelo plano.

Qual o valor do plano de saúde que inclui cirurgias?

Um plano que inclui cirurgias é o que contempla procedimentos hospitalares, mas mesmo assim vale verificar quais são as inclusas.

Os valores podem variam de acordo com a região o tipo de plano contratado. Alguns exemplos de valores a partir dos quais é possível encontrar planos de saúde.

ESTADO OPERADORA PLANO VALOR
Amazonas Unimed Manaus Municipal QC | C/ Obst. R$ 203.94
Bahia Amex Saúde Amex QC R$ 157.47
Ceará Gamec Standard QC R$ 145.74
Espírito Santo MedSênior Safira QC R$ 618.57
Minas Gerais Vitallis Saúde Prata QC R$ 113.68
Paraná Unimed Curitiba Uniplan QC R$ 446.34
Pernambuco HapVida Mix QC R$ 173.26
Rio de Janeiro Unimed Rio UniPart Básico QC R$ 243.04
Rio Grande do Norte Unimed Natal Uniflex XX QC R$ 132.03
São Paulo Next Saúde Next Access Municipal QC R$ 190.08
Sergipe HapVida Mix QP R$ 289.51

 

 

 


Curta e compartilhe esse artigo:
Categorias: Blog

Leia mais artigos sobre:

O que você achou deste artigo? Sua avaliação é muito importante para nós!
Por favor, atribua uma nota:

avaliação
Rating

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.